28 dezembro 2021 7:44 pm
25.3 C
Rio Branco
28 dezembro 2021 7:44 pm

Motorista é agredido com socos e chutes após acidente entre carro e moto, em Ouro Preto do Oeste; Vídeo

Gazeta Central
-------- Continua depois da Publicidade--------

Um motorista de 31 anos foi agredido por populares a socos e chutes, após um acidente de trânsito envolvendo o veículo que ele dirigia, um Volkswagen Gol, e uma motocicleta Honda CG com uma carretinha que era conduzida por um homem de 44 anos, que teve que ser socorrido ao hospital municipal.

O acidente ocorreu na manhã desta segunda-feira (27) por volta das 11h45, na avenida Governador Jorge Teixeira de Oliveira, bairro Jardim Novo Horizonte, na Estância Turística de Ouro Preto do Oeste.

A confusão

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra as cenas de após o acidente e do início da confusão, quando populares chamam a atenção do motorista do Gol, dizendo que aquele local não é a BR para o mesmo estar transitando em alta velocidade, e que ali passa crianças a toda hora.

O clima esquentou quando o motorista quis argumentar, momento em que três homens, dizendo que ele, mesmo errado estava querendo ter razão, o cercaram e dois deles desferiram socos em seu rosto e, em seguida, um chute e mais dois socos, fazendo com que ele caísse. Neste instante, algumas pessoas o ajudaram a levantar e populares ainda gritavam que ele era o culpado, se referindo ao acidente de trânsito.

Chegada da polícia

Segundos depois, uma viatura policial chegou ao local e os militares avistaram o motorista sangrando e com a cabeça machucada. Também tomaram conhecimento de que o motociclista já havia sido socorrido ao hospital municipal por uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Ao ser indagado pelos policiais, o motorista informou que o ferimento que ele apresentava foi em razão da agressão sofrida por um dos populares que estavam no local. Devido os ânimos das pessoas estarem exaltados e com risco de os mesmos voltarem a agredir o motorista, os militares o conduziram até a Unisp, juntamente com a pessoa que o feriu. Os veículos, por estarem com a documentação em dia, foram liberados.

Na Unisp

Já na Unisp, os PMs lavraram um Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO onde os envolvidos no acidente se comprometeram a comparecer na audiência citada no TCO. Quanto às agressões, o motorista disse que não tinha mais interesse em representar o agressor, sendo ambos liberados.

No hospital

O motorista, em seguida, foi levado até o hospital municipal para receber atendimento médico, pois apresentava uma lesão na região frontal do rosto, hematomas e estava desorientado. Segundo servidores da unidade hospitalar, após receber atendimento, ele evadiu-se sem ter recebido alta.

Quanto ao motociclista, a equipe que o atendeu relatou que o mesmo sofreu escoriações e inchaço no maxilar, além de escoriações e lacerações nos braços e pernas. Devido aos ferimentos, ele teve que ser levado até o hospital de Ji-Paraná para se submeter à avaliação de um ortopedista.

Versão do motorista

De acordo com a polícia, o motorista do Gol relatou que transitava pela avenida Governador Jorge Teixeira de Oliveira, sentido rotatória da Cohab, quando chocou-se com a motocicleta que puxava uma carretinha com uma geladeira, que saía de uma residência. Ainda conforme consta no boletim de ocorrência, o motorista relatou que, como ele estava correndo muito, não conseguiu desviar da motocicleta.

Testemunhas

Segundo consta na ocorrência, testemunhas alegaram que o motorista estaria embriagado. No entanto, os policiais informaram que não notaram nenhum sintoma de embriaguez alcoólica, além de o mesmo ter negado que havia ingerido qualquer tipo de substância alcoólica. Os militares ressaltaram que não foi possível atestar a embriaguez por outros meios.

A ocorrência foi registrada na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), para que a Polícia Judiciária possa investigar o caso e que as medidas cabíveis sejam tomadas.

 

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS