17 maio 2022 1:59
17 maio 2022 1:59

Governo paga última parcela do Auxílio Temporário a servidores nesta terça

Por Redação Ecos/ com informações Agência Acre

O governo do Acre realiza nesta terça-feira, 28, o pagamento do adicional de insalubridade, destinado aos servidores da Saúde, e o Novo Auxílio Temporário de Emergência em Saúde (ATS), para os servidores da Saúde e da Segurança Pública.
O pagamento do abono aos milhares de servidores públicos é um compromisso que o governador Gladson Cameli firmou com os servidores que estão atuando diretamente no combate ao coronavírus.

Pagamento de auxílio é um compromisso do governador Gladson Cameli. Foto: Cedida.
“Este recurso é um reconhecimento ao trabalho que estes servidores vem desempenhando desde o início desta grave crise sanitária. Esta é mais uma medida que o governo tem adotado em ações de combate à Covid-19. Meu respeito aos servidores públicos estaduais, e o meu imenso agradecimento”, disse o governador Gladson Cameli.
Mais de 10 mil servidores, que têm direito, estarão com o dinheiro em conta nesta terça. A última parcela do Adicional de Insalubridade e Auxílio Temporário de Emergência é destinado para servidores da Saúde, da Fundação Hospital Estadual do Acre, da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros Militar, da Polícia Civil, do Instituto de Administração Penitenciária e do Instituto Socioeducativo, bem como do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor e da Secretaria de Estado de Assistência Social dos Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres.

O auxilio contempla médicos, nutricionistas, fisioterapeutas, biomédicos, enfermeiros, motoristas, assistentes sociais, bioquímicos, agentes de saúde, biólogos e outros. Foto: Danna Anute/Fundhacre.
Ao todo, serão pagos nesta última parcela, mais de R$ 4 milhões. A medida fez parte do conjunto de ações que foram adotadas para minimizar os impactos causados pela pandemia da Covid-19.

Servidores da área da segurança também foram agraciados com o beneficio. Foto: Douglas Barros
O ATS foi instituído por meio da lei nº 3.759, de 16 de julho de 2021 e é destinado a suprir os gastos excepcionais e emergenciais decorrentes da exposição excessiva de agentes públicos aos efeitos da pandemia causada pelo novo coronavírus.

Servidores lotados nos setores de lavanderia, cozinha, recepção, serviços gerais e manutenção também receberão o auxilio. Foto: Danna Anute/Fundhacre.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.197 outros assinantes

ÚLTIMAS