17 janeiro 2022 4:37 am
24.3 C
Rio Branco
17 janeiro 2022 4:37 am

Governo e Ministério da Saúde reforçam parceria no combate ao mosquito da dengue

Agência do Acre
-------- Continua depois da Publicidade--------

Na manhã da última sexta-feira, 3, o superintendente do Ministério da Saúde no Acre (MS/AC), Eden Miranda, entregou ao governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) 30 macacões (Equipamentos de Proteção Individual – EPI) e 12 pulverizadores (UBV’s costais) para fortalecer as ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti no estado.

A doação foi realizada na sede da instituição em Rio Branco, onde a secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano, agradeceu em nome do governador, Gladson Cameli, e disse que a parceria com o MS e fundamental para o enfrentamento ao mosquito transmissor da dengue, Zika e Chikungunya.

“Esse é um reforço importante para as ações de combate ao Aedes, sobretudo nos municípios considerados prioritários devido ao elevado números de casos da doença. Aproveito para reforçar a importância da população nesse combate, eliminando possíveis criadouros para evitar que o mosquito deposite seus ovos e se prolifere”, disse Paula Mariano.


Secretária de Estado de Saúde, Paula Mariano, recebeu do MS o quantitativo de 30 macacões e 12 pulverizadores para o combate ao Aedes. (Foto: Monica Araújo)

Segundo Gabriel Mesquita, chefe do Departamento de Vigilância em Saúde da Sesacre, a doação é o resultado de uma força tarefa realizada no início de 2021, com apoio da Organização Pan-americana de Saúde (OPAS), MS, governos de Rondônia (RO), do Distrito Federal (DF) e de São Paulo (SP), que se uniram para ajudar o Acre a reduzir os casos de dengue que estavam bem acima da média, principalmente os municípios de Rio Branco e Tarauacá.

“Esses equipamentos chegaram em boa hora e irão nos ajudar no enfrentamento ao mosquito da dengue. Embora, atualmente, o Estado se encontrem numa situação confortável em relação aos números de casos de dengue, comparados ao mesmo período de anos anteriores, é importante alertar a população sobre a necessidade de manter seus quintais e domicílios limpos, eliminando possíveis criadouros. Lembrando que estamos no período sazonal da doença, quando os casos tendem a aumentar, e os cuidados devem ser redobrados”, orientou Gabriel.

Segundo Eden Miranda a parceria entre união, estado e municípios está se fortalecendo, tendo como prioridade salvar vidas e diminuir o quantitativo de infecções.

“É muito gratificante fazer a entrega desses equipamentos, por meio da parceria entre MS e Opas. Sabemos que em nossa região, nessa época do ano, temos um acréscimo considerável nos casos de doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Com esse reforço, o Estado passa a contar com mais equipes em campo para o enfrentamento e combate ao Aedes, bem como minimizar os casos de infecções em gerais”, comentou Miranda

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS