17 maio 2022 2:16
17 maio 2022 2:16

Fundhacre destaca intensa atuação na saúde no ano de 2021

Por Agência de Notícias do Acre

A Fundação Hospital do Acre (Fundhacre) vem desenvolvendo na gestão um trabalho humanizado que atenda toda a população. Em pouco mais de oito meses o diretor-presidente da Fundhacre, o psicólogo João Paulo Silva, conseguiu promover uma verdadeira revolução moral e ética nos procedimentos administrativos, além de ter um olhar voltado para os servidores da unidade hospitalar, proporcionando um trabalho digno e cuidando daqueles que cuidam do próximo.
João Paulo Silva, que está à frente dos trabalhos desde o dia 14 de abril de 2021, afirma que o objetivo dentro do complexo tem sido promover uma política de humanização que atenda a população com uma saúde de qualidade.

Humanização e reconhecimento com a entrega de certificado para servidores. Foto: Danna Anute

“Nossa administração tem sido participativa com os servidores do hospital, com o foco em um atendimento de qualidade, onde o paciente sinta-se acolhido. Trabalhamos para modernizar a estrutura do hospital, que já iniciou com alguns reparos, além da reativação dos serviços que são oferecidos à população acreana”, disse.

Inovações na Fundhacre com a atual gestão

Dedicação, amor e perseverança. Esses sentimentos fazem parte da rotina de trabalho de inúmeros profissionais da saúde. Por isso, a direção da Fundhacre vem promovendo homenagens aos servidores pelos serviços prestados à saúde acreana. Na oportunidade o presidente João Paulo Silva realiza a entrega de um certificado em reconhecimento ao trabalho.
Por meio da busca ativa, o serviço de ouvidoria recebe sugestões, reclamações e denúncias, além de atuar na mediação de conflitos entre o cidadão e a instituição, e prestar os devidos esclarecimentos à sociedade. A ouvidoria da Fundhacre realiza um trabalho itinerante para que, de fato, possa estar atendendo a toda a população.

Chefe da ouvidoria, Socorro Lima, atendendo a população. Foto: Hellen Lirtêz

O governo do Acre, por meio da Fundhacre, vem realizando mutirões de cirurgias em todo o Estado, com o objetivo de atender a população e, assim, diminuir a fila de espera. Os mutirões de consultas também iniciaram no mês de dezembro, com retorno para janeiro de 2022. Em apenas um ano, a Fundhacre realizou quase quatro mil cirurgias em diversas especialidades, contribuindo para a saúde da população.
“Esse é o esforço da união de todos nós, Sesacre, Fundhacre, funcionários, enfim. Eu sou grato a cada um de vocês e essa gratidão vou levar por toda a vida. Vamos trabalhar unidos que sempre vai dar certo. Enquanto alguns nos criticam porque a gente cuida de vidas, nosso governo vai avançado e dando prioridades a essas pessoas que passaram anos e anos esquecidas”, enfatiza o governador Gladson Cameli.

Realização de mutirões de cirurgias e consultas. Foto: Danna Anute

Os espaços estão sendo contemplados com reformas e mudanças estruturais para renovar e trazer melhorias de acessibilidade e mobilidade no hospital, para usuários e profissionais de saúde.

Lavanderia da Fundhacre passa por reformas. Foto: Danna Anute

Um dos resultados desse trabalho é o início da reforma na lavanderia da unidade, que segue em reta final. Outro ponto importante foi a restauração da Capela Divina Misericórdia, da unidade hospitalar, que passou a ganhar um novo ambiente, propício para que os pacientes e servidores pudessem ter seu momento espiritual.

Capela Divina Misericórdia, após a revitalização. Foto: Danna Anute

A Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) também passou por um processo de manutenção, que contou com o apoio do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) e do Departamento de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre). Foram 50 dias de trabalho para que a ETE fosse considerada apta a funcionar. Agora, 3 anos depois, o hospital volta a ter uma Estação de Tratamento de Esgoto em funcionamento seguindo as orientações ambientais.

Estação de Tratamento de Esgoto após o processo de manutenção. Foto: Danna Anute

O espaço de convivência da Fundhacre também foi reinaugurado e passou pelas devidas readequações, proporcionando bem-estar aos pacientes. A reinauguração do Centro de Especialidades Odontológicas também foi um importante passo para melhorar o atendimento ao usuário do SUS, pois atende centenas de pessoas, inclusive pacientes com necessidades específicas.

Reinauguração do Centro de Especialidades Odontológicas da Fundhacre. Foto: Danna Anute

A unidade hospitalar vem promovendo ações de cuidado e atenção com os servidores. Atualmente, possui uma sala de atendimento clínico-médico que conta com várias especialidades, baseadas nas necessidades dos funcionários, cujo objetivo é uma atenção voltada para a saúde do trabalhador, para que, assim, possa prestar os serviços com alta qualidade e acolher os que mais precisam.
Os atendimentos funcionam de segunda a sexta, das 7h às 17h e contam com especialidades em psiquiatria, clínica geral, serviços laboratoriais, serviços voltados para ultrassonografia, além de campanhas nas quais são promovidas ações integradas de acordo com a temática.

Fundhacre na Comunidade, na Unidade Mista de Saúde Ana Nery. Foto: Danna Anute

Fundhacre na Comunidade foi a primeira ação realizada na Unidade Mista de Saúde Ana Nery, localizada no Distrito Vila Campinas, em Plácido de Castro. “O objetivo é inovar a cada dia levando a Fundhacre para próximo da população, demostrando a importância da saúde na comunidade. Somos uma Fundação de saúde e temos a habilitação para levar atendimentos à população, não somente no prédio da estrutura física mas a toda a sociedade acreana”, ressalta o diretor-presidente.
Um dos momentos mais importantes da unidade hospitalar foi a chegada do novo tomógrafo, que passará a atender as demandas da unidade hospitalar. Essa primeira fase é de organização para instalação do aparelho.

Tomógrafo é avaliado em mais de R$ 2.2 milhões. Foto: Danna Anute

“Seguindo a orientação do governador Gladson Cameli em destravar alguns processos, conseguimos a aquisição do tomógrafo que já era um processo que vinha transitando há alguns anos com recurso do Banco Mundial do Programa de Saneamento Ambiental do Acre (Proser). Esse é um esforço da equipe técnica da Fundhacre que assumiu, de fato, todo o processo para a chegada do tomógrafo até a unidade”, destacou o presidente.
As novas 200 poltronas acolchoadas que serão destinadas às enfermarias dentro do complexo, tem como objetivo trazer um grande benefício e bem-estar ao acompanhante, que também merece dignidade, assim como o paciente. As novas poltronas irão substituir as cadeiras brancas. Somente para o Hospital do Idoso já foram garantidas 40 poltronas.

Hospital do Idoso conta om 40 poltronas acolchoadas para acompanhantes. Foto: Danna Anute

O setor de Nefrologia recebeu 70 cadeiras para promover maior bem-estar ao paciente, que fica, em média, quatro horas no assento. O setor atende os pacientes renais crônicos que realizam o tratamento de hemodiálise. Essa aquisição irá proporcionar um atendimento mais adequado para os pacientes, que estavam utilizando as mesmas cadeiras há 20 anos.

Cadeiras para a Nefrologia visam maior comodidade no atendimento aos pacientes. Foto: Cedida

O centro cirúrgico passa por uma ampliação no número de salas, o que irá aumentar a execução de cirurgias eletivas no estado. A reforma ocorre por meio de recurso do governo do Acre. A Central de Material de Esterilização (CME), também em reforma, prevista para ser entregue no final de janeiro de 2022, conta com toda a capacidade de tecnologia, induzindo, assim, uma maior produção no nível de cirurgias.

Reforma no centro cirúrgico da Fundhacre. Foto: Danna Anute.

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.197 outros assinantes

ÚLTIMAS