31 dezembro 2021 2:59 pm
32.3 C
Rio Branco
31 dezembro 2021 2:59 pm

Drag Queen brasileira vence competição de canto Queen of The Universe

Grag Queen faturou o prêmio de 250 mil dólares, o equivalente a 1.4 milhão de reais

da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

A drag queen brasileira Grag Queen consagrou-se campeã da primeira temporada do reality show Queen Of The Universe, nos Estados Unidos. A atração estreou no Brasil oficialmente no serviço de streaming da Paramount+.

O programa comandado por Graham Norton premiou a drag queen vencedora com 250 mil dólares, o equivalente a 1,4 milhão de reais. A disputa contou com 14 participantes da França, Estados Unidos, China, Dinamarca, Canadá, México, Austrália, Índia e Brasil.

A atração é o primeiro reality de canto com drag queens no mundo e produzida pela MTV Entertainment Studios e pela World of Wonder, a mesma da franquia de RuPaul’s Drag Race. O júri foi formado por Vanessa Williams, Michelle Visage, Trixie Mattel e Leona Lewis.

No programa, as queens foram avaliadas pelos looks, maquiagem, performance, atuação, e principalmente, por uma apresentação de canto. As finalistas, junto com a brasileira, foram as norte-americanas Ada Vox e Aria B Cassadine. Greg Queen apresentou na final uma performance de tirar o fôlego de Rise Up, de Andra Day.

Ao ser anunciada como a Rainha do Universo e levar US$ 250 mil para casa, Grag agradeceu sua família e a oportunidade de ter tido contato com as outras competidoras. “Estou tão realizada! Este título é o símbolo da conquista de um grande sonho, tenho certeza de que minha família e meu país estão orgulhosos de mim. Não poderia deixar de mencionar a maravilhosa oportunidade de conhecer as drag queens mais talentosas e inspiradoras de todo o mundo ao longo dessa trajetória, parabéns a todas”, declarou.

Em entrevista a revista Marie Claire, antes da estreia do programa, ela destacou o entusiasmo em ajudar a expandir cada vez mais a arte drag brasileira. “Quem tem sede de felicidade sabe que a gente não tinha mais felicidade, não tinha mais motivo para ser patriota e vestir a camiseta verde e amarelo e dizer ‘Mana, sou brasileira’. Eu estava a ponto de desistir e chega um bagulho desses. Eu sinto que conseguimos trazer de volta a vontade de gritar pelo Brasil. Eu me senti na Copa do Mundo. Eu era o Neymar e ninguém falava o contrário, entendeu? Eu sou do Brasil e fui buscar o nosso título”, revelou sobre a participação no reality.

Fonte: Correio Braziliense

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS