30 dezembro 2021 4:40 pm
29.3 C
Rio Branco
30 dezembro 2021 4:40 pm

Desbarrancamento no Rio Juruá pode deixar comunidade ribeirinha sem água tratada

Juruá Online
-------- Continua depois da Publicidade--------

A vida de quem mora às margens do rio Juruá não é fácil, seja quando o manancial está alagado ou não.

As dificuldades são sempre inevitáveis. Um dos principais problemas que ribeirinhos enfrentam é com os desbarrancamentos que afetam não só as moradias, como é o caso de uma casa em que a família precisou sair da residência que já está quase sendo levada pelo rio, além da rede de água.

São aproximadamente 40 famílias que residem na comunidade próxima à escola Rui Barbosa em Cruzeiro do Sul. Todos recebem água que passa por uma tubulação que fica na beira do rio Juruá. Cada vez que acontece um desmoronamento, parte da encanação vai junto.

A líder comunitária que representa a comunidade, Maiquilane Rodrigues diz que o problema é recorrente e já buscaram ajuda junto ao governo do estado através do Depasa, mas ainda não obtiveram resposta da diretoria do departamento em Rio branco para autorizar a construção dos 700 metros de rede e um local mais afastado do rio. “O governador Gladson Cameli já deu a ordem pro pessoal fazer essa extensão de rede, só que dependemos bastante dos órgãos de rio Branco porque o Depasa de Cruzeiro do sul ajuda bastante a gente. Eles já construíram uma rede de água sem recursos”.

O gerente regional do Depasa Braz Pedrosa, aguardo prazos de processos licitatórios para que os benefícios cheguem a comunidades como a de Maiquilane.

“Nós tivemos uma reunião com todos os presidentes de bairro em Cruzeiro do Sul em que o governador estava presente e houve essa solicitação através de oficio foi encaminhado para o gabinete do governo local e o gabinete do governo enviou para o Depasa .Esse processo licitatório demora 60 dias de prazo e tem mais 30 dias para aquisição do material a gente tem pressionado a gente sabe que a população de Cruzeiro do Sul tem direito de reclamar e nós somos parceiros da população”.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS