17 maio 2022 3:05
17 maio 2022 3:05

Com recursos próprios, governo manteve investimentos em melhorias dos serviços de água e esgoto de Rio Branco

Por Agência do Acre

A melhoria dos serviços de saneamento básico está entre as prioridades da gestão Gladson Cameli. Ao longo de 2021, várias foram as ações para garantir os serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário da capital.
No início do ano, o primeiro desafio foi recuperar o volume de água da captação da maior unidade operacional do Estado, a ETA II. Para isso, foi necessário rebobinar um dos motores que havia queimado, instalar mais dois flutuantes para reforçar a captação, tanto na ETA II quanto na ETA I. As bombas horizontais foram substituídas por verticais, lubrificadas a óleo, que têm mais resistência. “Com isso estabilizamos toda a captação, conseguindo manter em todo o verão a vazão máxima das duas ETAs, captando e tratando água no maior volume possível”, enfatiza o diretor de Operações do Departamento Estadual de Água e Saneamento do Acre (Depasa), Alan Ferraz.

Com recursos próprios, governo do Acre realiza obras de contenção e nova subestação na ETA II. Investimento foi de mais de R$ 3 milhões Foto Marcos Vicentti/Secom
Ainda para garantir a distribuição de água tratada aos usuários do Depasa na capital, uma verdadeira força-tarefa foi realizada para evitar deslizamentos de terra que pudessem comprometer o funcionamento da ETA II.
A subestação trifásica que atende as instalações da captação de água bruta da estação de tratamento de água (ETA) II, em Rio Branco, foi inaugurada em agosto. A obra, realizada pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Departamentos de Estradas de Rodagens do Acre (Deracre) permitiu dar mais segurança operacional ao sistema ETA II.
O projeto, que contemplou a construção de nova subestação com novos transformadores e quadros de comando, garantiu uma estrutura adequada, facilidade operacional e otimização do espaço, beneficiando diretamente 250 mil pessoas, cerca de 70% da população da capital. O investimento foi superior a R$ 3,1 milhões.
Além da nova subestação, os investimentos nas obras de contenções foram fundamentais para evitar novos deslizamentos na área da captação da ETA II. E ainda com recursos próprios, o governo do Acre, por meio do Dapasa, investiu mais de R$ 3 milhões em aquisição de equipamentos para reforçar captação e distribuição de água do Depasa em Rio Branco.
Para melhorar a distribuição
Outro grande desafio foi solucionar problemas elétricos que acabaram interrompendo o funcionamento do Centro de Reservação Central de Rio Branco (CR Central). Mais uma grande força-tarefa foi realizada para que a aquisição e instalação da ‘soft starter’, equipamento utilizado para programação e monitoramento da pressão e distribuição do sistema de bombeamento de água para o Reservatório Placas, pudesse ser realizada no menor tempo possível. “ Foi uma grande mobilização, um enorme esforço de equipe para que o equipamento, que em situação normal demoraria mais de 15 dias para chegar a Rio Branco, pudesse ser comprado e instalados em menos de uma semana”, lembra a diretora-presidente do Depasa, Waleska Bezerra.
Nesse meio tempo, equipes de elétrica e mecânica permaneceram de prontidão para realizar manutenções preventivas e corretivas, em todos reservatórios, ETAs I e II. “ E essas equipes permanecem diariamente percorrendo reservatórios, ETA I e ETA II, verificando cabeamentos, tubulações, para garantir que estejam funcionando e prever quebras. Em alguns locais conseguimos instalar equipamento reserva, para que, a qualquer quebra que possa ocorrer, já possamos parar e realizar a manutenção preventiva ou corretiva ”, esclarece Alan Ferraz.

Equipes de mecânica e elétrica em ação para garantir o funcionamento do sistema de abastecimento de água da capital Foto: Clemerson Ribeiro/Depasa
Na parte alta da cidade, a instalação de nova bomba no reservatório Placas foi concluída com êxito. No local, foi instalado um conjunto de motor-bomba para trabalhar simultaneamente com o que já existia.
Além dos reparos necessários, agora o sistema de Placas funciona com duas bombas e uma bomba reserva. A intervenção permitiu aumentar a eficiência e melhorar a distribuição para a Vila Custódio Freire, Jorge Lavocat, Tancredo Neves e adjacências.
Ainda na parte alta, as bombas que fazem o bombeamento para o Reservatório Bem-te-vi receberam reparos. Além da manutenção, o sistema Bem-te-vi recebeu uma nova bomba, que permitiu melhorar de forma significativa a distribuição de água do conjunto Bem-te-vi e localidades próximas.
No Segundo Distrito da capital, o conjunto moto-bomba do Reservatório Santo Afonso também recebeu manutenção, o que corrigiu problemas de abastecimento na região.

Novo conjunto moto-bomba reforça sistema de distribuição de água de Rio Branco ( Foto: Clemerson Ribeiro/Depasa)
Na região central de Rio Branco, as intervenções permitiram aumentar o tempo de bombeamento de água de 4 para 7 horas/dia. “Dessa forma acabou também chegando mais água no Reservatório São Francisco, estrutura que também teve sua base toda recuperada, e onde reposicionamos e melhoramos a bomba de distribuição. Hoje temos um abastecimento melhor no São Francisco”, detalha o diretor de Operações do Depasa.
Para melhorar a distribuição de água, reuniões foram realizadas semanalmente com o objetivo avaliar o sistema de distribuição, identificar pontos onde ainda havia dificuldade, e fazer ajustes para garantir que água tratada chegasse a todos usuários da capital.
Combate a vazamentos
No que se refere às ações de combate a vazamentos, o esforço concentrado foi para estruturar o setor com a maior quantidade de material possível, organizar as equipes, para que o tempo de resposta seja rápido.
Esgotamento sanitário
Para melhorar o atendimento aos usuários do sistema de esgotamento sanitário do Depasa, as intervenções contemplaram aquisição de novos materiais, reorganização das equipes e veículos disponíveis, sempre com o objetivo dar mais agilidade e eficiência à prestação dos serviços de manutenção, limpeza, desobstrução, para executar as ordens de serviço no menor tempo possível.
Galeria de Imagens:

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS EM SEU EMAIL

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 146.197 outros assinantes

ÚLTIMAS