30 dezembro 2021 10:42 am
28.3 C
Rio Branco
30 dezembro 2021 10:42 am

Adolescente com submetralhadora é baleado pela PM

Da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

Um adolescente de 17 anos, suspeito de tráfico de drogas, foi baleado por policiais militares na noite dessa quarta-feira (29/12) em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a PM, ele estava com uma submetralhadora e drogas.

A ocorrência começou pouco depois das 21h na Rua Fernandes Jaques, no Bairro Borba Gato. Algum tempo atrás, a polícia recebeu informações sobre disparos na comunidade e os relatos davam conta de que ocorria uma guerra de gangues de traficantes do Borba Gato contra os do Bairro Bom Destino, em Santa Luzia, próximo ao limite entre os municípios.

Diante disso, os militares resolveram fazer uma operação no local. Eles entraram por uma mata fechada para observar a ação de traficantes. Lá, eles viram esse adolescente, que já é conhecido da polícia. Conforme a PM, ele repassava objetos semelhantes a drogas a algumas pessoas, e elas entregavam dinheiro a ele. Os policiais se aproximaram e viram que ele estava armado.

De acordo com a Polícia Militar, consta no boletim de ocorrência que os policiais mandaram ele largar a arma, mas ele não acatou a ordem e a apontou na direção deles. Ainda segundo o documento, “diante da iminente agressão”, os policiais atiraram contra o adolescente suspeito, que caiu. Com ele os policiais apreenderam uma submetralhadora artesanal calibre 380 e drogas.

A polícia informou que ele foi socorrido imediatamente e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Sabará. Ainda segundo a PM, durante o atendimento, a equipe médica localizou no bolso da jaqueta dele 56 pinos de cocaína, 25 buchas de maconha e 27 pedras de crack. Os funcionários foram qualificados como testemunhas da ocorrência.

A PM ainda lista outros materiais apreendidos na ocorrência, como outras 40 pedras de crack, cinco buchas de maconha, três cartuchos calibre 380, um carregador alongado e R$ 324 em dinheiro.

O adolescente precisou ser transferido ao Hospital João XXIII. A Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) não informa à imprensa o estado de saúde dos pacientes. Segundo uma fonte ouvida pelo Estado de Minas, ele foi atingido por um tiro na cabeça e deu entrada na unidade intubado e em estado grave.

A Polícia Militar informou que houve perícia da Polícia Civil. Os trabalhos da Polícia Judiciária Militar foram realizados na sede do 61º Batalhão da PM e as armas dos militares que atuaram na ação foram recolhidas. Eles ficarão à disposição da Justiça Militar no batalhão, procedimento da praxe da corporação nesses casos. O caso foi registrado na Central Estadual do Plantão Digital.

No fim da manhã, a Polícia Civil informou que a  central recebeu o caso e que a ocorrência ainda estava em andamento.

Fonte: Em

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS