8 dezembro 2021 12:54 am
24.3 C
Rio Branco
8 dezembro 2021 12:54 am

Viúva da Mega-Sena tenta impedir herdeira de receber R$ 43 milhões

Adriana Almeida foi condenada pelo assassinato do companheiro, Renê Senna, que ganhou na Mega-Sena. Ela tenta provar que herdeira não é filha

metrópoles
-------- Continua depois da Publicidade--------

Condenada pelo assassinato de seu ex-companheiro, Adriana Almeida, conhecida como Viúva da Mega-Sena (foto em destaque), tenta anular na Justiça o reconhecimento de uma filha – classificada como herdeira e que pode receber um total de R$ 43 milhões de herança, 14 anos após a morte do pai.

Adriana estabeleceu um relacionamento com Renê Sena, ganhador da Mega-Sena (que ela mandou matar em 2007), dono de uma fortuna estimada atualmente em R$ 87,2 milhões.

Renata Sena foi reconhecida como filha pelo próprio Renê, ainda antes de ser sorteado na Mega-Sena. A defesa da viúva, no entanto, alega que ela não seria uma filha biológica.

Recentemente, Renata obteve na Justiça o direito de movimentar metade da fortuna deixada pelo pai milionário: R$ 43 milhões.

Briga por dinheiro

A disputa pela fortuna começou ainda em 2007, pouco depois do assassinato de René.

Condenada na Justiça como mandante do homicídio, a viúva já perdeu o direito à herança.

Diante da comprovação do crime, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro anulou um testamento deixado pelo milionário que destinava metade de sua herança para Adriana e a outra metade para sua única filha, Renata.

-------- Continua depois da Publicidade--------

Musical com Papai Noel gay é barrado pela Prefeitura de Rio Branco; MPF investiga veto

Projeto não foi aprovado pela análise de mérito durante avaliação de comissão formada por servidor da prefeitura e classe artística. Comissão organizadora do musical entrou com recurso contra a decisão.
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS