27 dezembro 2021 8:25 am
25.3 C
Rio Branco
27 dezembro 2021 8:25 am

VÍDEO: Por ciúmes, militar do trisal acreano teria atirado em estudante de medicina na fronteira

Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

O sargento da Polícia Militar, Erisson Nery, que faz parte do trisal com a sargento Alba Radine e a administradora Darlene Oliveira, está sendo acusado de efetuar, pelo menos, dois tiros em um estudante de medicina, identificado por Flávio Endres, na madrugada deste domingo, 28, no bar conhecido como QGiv, em Epitaciolândia (AC).

Segundo informações de testemunhas que estavam na festa, o que motivou a fúria de Nery foi ciúmes, o trisal estava em uma festa e o sargento não gostou de homens que olhavam para suas esposas. Uma discursão entre o trisal aconteceu e Alda teria derramado cerveja na cabeça de Nery, batido em seu rosto e dito que tinha vergonha dele.

Ainda segundo testemunhas, minutos depois de discutir com o marido, Alda não satisfeita foi em direção aos homens que os observava para tomar satisfação e tentou dar um tapa na cara de uma deles que a empurrou  fazendo com que ela caísse no chão. A partir desse momento uma briga generalizada tomou conta do local.

Apesar de serem contidos por seguranças dentro do local, a briga foi para fora do estabelecimento e, na rua, Nery efetuou três  disparos acertando dois na vítima.

Em um dos vídeos enviados à redação do Ecos da Notícia, é possível observar populares, possivelmente amigos e acadêmicos de medicina também, socorrendo Flávio. E no no canto esquerdo, uma mulher, possivelmente Darlene, tomando a arma das mãos de Nery.

Vídeo: 

Em outro vídeo, Nery se aproxima do homem caído ao chão, o agride e é retirado por populares.

Vídeo: 

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS