19 novembro 2021 8:24 pm
23.3 C
Rio Branco
19 novembro 2021 8:24 pm

REFÉNS: Vídeo mostra morador de rua sendo desarmado, após ameaçar populares no Ps; “Virou uma cracolândia de dependentes químicos”, diz servidor

Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

Quem busca por atendimento no Pronto Socorro de Rio Branco pode observar que a praça, destinada como local onde os visitantes aguardam enquanto os pacientes são atendidos, é frequentada constantemente por usuários de drogas.

Além disso, os dependentes são agressivos e colocam em risco tanto acompanhantes e pacientes como também funcionários da unidade.

Um vídeo enviado para nossa equipe, mostra o momento que um acompanhante desarma um dependente químico que ameaçava as pessoas com um pedaço de faca.

De acordo com um servidor, que prefere não se identificar, o local se tornou um espécie de cracolândia. “Não tem hora certa, mas a noite a movimentação deles é mais intensa, eles usam os entorpecentes e ficam agressivos, ameaçam funcionários, pacientes e acompanhantes . Já teve gente aqui que correu pra não ser agredido ou esfaqueado”, afirma.

Uma acompanhante, que também não quer ser identificada, diz que não se sente segura no ambiente, principalmente no horário da noite quando a movimentação deles é maior.

“A gente tem medo de olhar, pois eles já perguntam o que foi. Fora que ficamos sem ter onde sentar, pois eles utilizam os bancos como dormitório a qualquer hora do dia”, relata.

Foto: cedida

Em nota, a direção da unidade disse que “não pode impedir a entrada das pessoas no espaço público, e por mais que o Centro de Atenção Psicossocial Móvel recolha, eles voltam”.

Confira a nota na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio da direção do Pronto-Socorro de Rio Branco, sobre a segurança na unidade esclarece que há segurança armada privada dentro do PS.

Informa, ainda, que a unidade conta com rondas policiais constantes no entorno e está sempre em contato com o comando do batalhão de policiamento.

A direção salienta que não pode impedir a entrada das pessoas no espaço público, e por mais que o Centro de Atenção Psicossocial Móvel recolha, eles voltam.

Ainda, todas as medidas possíveis foram tomadas, para garantir a segurança, mas também o respeito social, uma vez que se trata de pessoas em situação de rua.

Direção do Pronto-Socorro de Rio Branco

-------- Continua depois da Publicidade--------

Petrobras diz que não atenderá novamente demanda de distribuidoras em dezembro

Estatal justifica condição por um cenário de demanda atípica vista também em novembro

Haitiano que ficou paraplégico ao ser obrigado a se jogar de ponte no AC aparece dando passos em vídeo

Jacquenue Bosquet, de 36 anos, foi levado a um abrigo de Rio Branco, mas tem apresentado problemas psicológicos e agora se recusa a continuar tratamento.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS