19 novembro 2021 8:42 pm
23.3 C
Rio Branco
19 novembro 2021 8:42 pm

Polícia Militar do Acre realiza formatura em alusão ao Dia da Bandeira

Assessoria de Comunicação da PMAC
-------- Continua depois da Publicidade--------

Uma formatura realizada na manhã desta sexta-feira, 19, no Centro Integrado de Ensino em Segurança Pública (Ciesp), marcou a comemoração do Dia da Bandeira. O evento também simbolizou a “troca de pele” dos alunos soldados da Polícia Militar do Acre (PMAC), que trocaram o uniforme: blusa branca e calça jeans pelo caqui.

Com moral e vibração e sob os holofotes de seus familiares, que se encontravam na plateia, os alunos soldados do Curso de Formação 2021 (CFSd 2021), adentraram ao pátio de formaturas. Trajados pela 1ª vez com o uniforme operacional caqui da corporação, os novos militares foram agraciados com a tarjeta de identificação entregue por um padrinho e um juramento a bandeira.

Na plateia, Francisco Silva de Souza, 57 anos, morador da Estrada de Sena, com olhos atentos acompanhava seu filho caçula, Daniel Silva de Souza, 26 anos. Com uma vida dedicada ao trabalho na Colônia, o senhor que não teve oportunidade de estudar, com muito esforço conseguiu criar seus cincos filhos, entre eles o novo policial militar.

“Nasci no Seringal Sardinha, em Manoel Urbano, e naquela época não tivemos oportunidade de seguir nos estudos, só aprender a trabalhar e hoje vendo meu filho na PM, é uma alegria imensa, que mostra que valeu a pena todo nosso esforço”, disse o senhor, em meio às lágrimas e os soluços de emoção.

Após o “fora de forma”, momento que simboliza o encerramento da formatura e a dispensa da tropa, o aluno soldado Daniel, do 6° Pelotão, relatou o momento. “Esse momento simboliza uma conquista, uma vitória de muitos dias, cansativos de estudos e preparação. De renúncia da sua vida social, em prol de um sonho de infância, que um dia sonhamos e com a graça de Deus e a ajuda da nossa família hoje é realidade”, disse o militar, ao lado de sua família.

O comandante-geral da PMAC, coronel Paulo César Gomes, enfatizou a importância da solenidade, que contou a incineração das bandeiras inserviveis. “Dia da nossa bandeira, não poderíamos deixar passar em branco essa data. Estamos aqui para celebrarmos nosso pavilhão nacional, símbolo máximo do nosso país. Essa solenidade é tradicionalmente realizada às 12 horas, mas devido o clima da nossa região, resolvemos faze-la pela manhã”, enfatizou o comandante.

O secretário de Segurança Pública e Justiça (Sejusp), coronel da Reserva Remunerada Paulo Cézar Rocha dos Santos, destacou a importância da solenidade para a nação. “O resgate das tradições militares é fundamental para que mantenhamos as nossas tradições. Cultuar a pátria, em especial a bandeira, que é o principal símbolo de conquista dos territórios e consequentemente da soberania do país é condição sine qua non (indispensável) para o exercício da vida militar”, disse o secretário.

A solenidade contou ainda com a presença do subcomandante-geral da PMAC, coronel Luciano Dias Fonseca, dos comandantes das unidades de área e especializadas da corporação, autoridades civis e familiares dos novos policiais militares.

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS