3 dezembro 2021 6:04 pm
30.3 C
Rio Branco
3 dezembro 2021 6:04 pm

No AC, suspeito de matar namorada com tiro no pescoço se apresenta à polícia, confessa crime e é liberado por falta de mandado

G1AC
-------- Continua depois da Publicidade--------

No AC, suspeito de matar namorada com tiro no pescoço se apresenta à polícia, confessa crime e é liberado por falta de mandado

Homem de 28 anos se apresentou na Delegacia de Sena Madureira, no interior do Acre, nessa sexta-feira (5), confessou o crime, mas, como já tinha passado o flagrante, não foi preso.

Um homem de 28 anos, suspeito de matar a adolescente Eloiza Cabral da Silva, de 14 anos, nessa semana, compareceu à delegacia da cidade de Sena Madureira, no interior do Acre, nessa sexta-feira (5), foi ouvido pelo delegado, mas acabou sendo liberado por falta de mandado de prisão.

A adolescente foi encontrada morta com um tiro na região do pescoço nessa quinta (4) dentro de casa, na Rua Surubim, invasão do Panorama, em Rio Branco. O namorado dela, que não teve o nome revelado pela polícia, era o principal suspeito do crime.

O delegado Leonardo Meyohas Neves disse que o homem confessou o crime e afirmou que foi sem intenção de matar a adolescente.

“Ele se apresentou alegando que o homicídio foi culposo, que ele não teve a intenção, que foi um acidente. Como não havia mandado de prisão, tive que liberar, depois de fazer a oitiva dele, registrei a ocorrência e enviei para a DHPP [Delegacia de Homicídios de Proteção à Pessoa], para eles continuarem as investigações”, falou.

Neves explicou que devido ter passado o flagrante, não era mais possível efetuar a prisão do homem sem que tivesse um mandado de prisão. Além disso, o delegado informou que o jovem deu detalhes de como o crime aconteceu, mas que não podia repassar estas informações, apenas para DHPP em Rio Branco.

“Ele alegou que fugiu porque estava com medo de ser linchado e como tinha parentes em Sena resolveu se apresentar aqui. Já tinha passado o flagrante e não tinha mandado de prisão e não havia como prendê-lo naquele momento”, acrescentou.

No dia em que a adolescente foi achada morta, policiais do 3º Batalhão da Polícia Militar foram acionados para atender a ocorrência e, ao chegarem no local, encontraram a vítima já sem vida. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas apenas constatou o óbito.

Populares informaram que o namorado dela teria sido o responsável pelo assassinato. A polícia fez buscas na região, mas o suspeito não foi localizado. Uma arma de fogo de fabricação caseira foi encontrada no local do crime.

O delegado responsável pelo caso, Marcus Cabral, da DHPP disse que um inquérito foi aberto para investigar o crime e que a adolescente foi vítima de um feminicídio. O g1 não conseguiu contato com o delegado neste sábado (6).

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS