17 janeiro 2022 9:41 am
25.3 C
Rio Branco
17 janeiro 2022 9:41 am

Nas redes sociais, sargento aponta possível motivação de crime contra estudante

Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

A sargento Alda Radine usou suas redes sociais para falar sobre a possível motivação que fez seu esposo, o sargento Nery, atirar contra o estudante de medicina Flávio Endres, na madrugada deste domingo, 28, no bar conhecido como QGiv, em Epitaciolândia (AC).

Saiba mais: VÍDEO: Por ciúmes, militar do trisal acreano teria atirado em estudante de medicina na fronteira

Em uma postagem, Alda questiona que só por ser mulher pode levar dedada, murro na cara e nada acontecer.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Em seguida também indaga se mulher não merece respeito e não pode circular livremente.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Veja também: Amigos pedem justiça a favor do estudante baleado por sargento Nery

Em outras postagens, a sargento expõe imagens dos lábios machucados pela possível agressão do estudante e também questiona sobre nada acontecer com o assediador.

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Mais cedo o trisal postou que estava no bar para assistir o jogo entre Flamengo e Palmeiras.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Flávio passou por cirurgia e está no Pronto Socorro da capital, seu quadro de saúde é considerado estável. Os tiros acertaram o peito e o abdome do estudante.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS