6 dezembro 2021 4:21 am
22.3 C
Rio Branco
6 dezembro 2021 4:21 am

Marília Mendonça pode dar nome a duas rodovias de Goiás

Mudança foi proposta na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) em homenagem à cantora, que morreu em acidente aéreo em Minas Gerais.

G1 Goiás
-------- Continua depois da Publicidade--------

Um projeto de lei pretende batizar com o nome de Marília Mendonça duas rodovias de Goiás. A iniciativa tem o objetivo de homenagear a cantora, que morreu na queda de um avião no início deste mês em Minas Gerais. Até esta terça-feira (23), o documento segue em análise.

O projeto de lei prevê que os trechos da GO-020, que liga Goiânia a Cristianópolis, e GO-330, que liga Cristianópolis a Catalão, se tornem a ‘Rodovia Marília Mendonça’.

A homenagem foi proposta pelos deputados estaduais Bruno Peixoto (MDB) e Lissauer Vieira (PSB), atual presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Eles decidiram renomear rodovias que passam por Cristianópolis, cidade a 90km de Goiânia, porque é a cidade em que a cantora nasceu.

Como justificativa, os políticos exaltaram as conquistas de Marília, tanto na música quanto em atos de filantropia.

“Esse projeto é uma forma de homenagear e manter viva a memória dessa artista que trouxe grande visibilidade para o nosso estado. Sem dúvidas, um justo e merecido reconhecimento”, comentou o deputado Lissauer Vieira.

O projeto segue em análise pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ). Se aprovado, deve passar por votação em plenário. Depois, ainda precisa ser sancionado pelo governo.

Entrada de Cristianópolis, cidade em que a cantora nasceu — Foto: Gabriella Reis/G1
Entrada de Cristianópolis, cidade em que a cantora nasceu — Foto: Gabriella Reis/G1

Homenagens à cantora

Esta não é a primeira proposta feita em homenagem à cantora. O vereador de Goiânia Marlon Teixeira (Cidadania) já apresentou um projeto para trocar o nome da Avenida Castelo Branco para Avenida Marília Mendonça, em Goiânia.

Além deste, o hospital onde Marília Mendonça nasceu também deve receber nome da cantora. Atualmente, a unidade se chama Hospital Municipal de Cristianópolis e, assim que o projeto for aprovado, vai se chamar Hospital Municipal Marília Mendonça.

Em Trindade, na Região Metropolitana da capital, artistas de Goiás e outros quatro estados pintaram um mural em homenagem às cantoras Marília Mendonça, Maiara e Maraisa.

Acidente e enterro

Marília Mendonça morreu no dia 5 de novembro deste ano em um acidente de avião, em Caratinga (MG). Além dela, outras quatro pessoas também estavam na aeronave e faleceram.

Os corpos dela e do tio, Abicieli Silveira Dias Filho, que também era seu assessor, foram velados no Ginásio Goiânia Arena, em Goiânia. Centenas de carros de fãs e vários ônibus de duplas sertanejas seguiram o cortejo até o Cemitério Parque Memorial.

Marília Mendonça nasceu em Cristianópolis em 22 de julho de 1995. Entre os seus grandes sucessos, que a colocaram como uma das cantoras mais ouvidas do país, estão “Infiel”, “De quem é a culpa?” e “Eu sei de cor”.

Velório Marília Mendonça  — Foto: JN
Velório Marília Mendonça — Foto: JN

-------- Continua depois da Publicidade--------

Julgamento de acusados no caso da Boate Kiss entra hoje no quinto dia

Depoimentos são de vítima e de testemunha de defesa de um dos réus

DPU recomenda que prefeito de Rio Branco pare de fazer discurso de ódio sobre musical com Papai Noel gay

Tião Bocalom se manifestou contra a iniciativa que foi aprovada pela FGB no último dia 26. Defensoria deu prazo de 10 dias para prefeito responder se vai ou não acatar recomendação.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS