6 dezembro 2021 12:44 pm
25.3 C
Rio Branco
6 dezembro 2021 12:44 pm

Mara Rocha pede solução rápida do MAPA para sanar a falta d’água no Walter Acer, no Bujari

Assessoria
-------- Continua depois da Publicidade--------

A Deputada Federal Mara Rocha informou, nessa quarta-feira (10/11), durante reunião da Comissão de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Câmara, que encaminhou solicitação, ao Ministério da Agricultura, de apoio para o abastecimento de água no assentamento Walter Acer, em Bujari.
O assentamento sofre, desde sua criação, com a falta de água. Os produtores rurais necessitam caminhar até um açude para fazer a captação manual. O INCRA, que é responsável pelo assentamento, já foi obrigado, por decisão judicial, a fornecer o abastecimento, mas se vê impossibilitado em face da falta de capacidade financeira.
“Esse assentamento do INCRA possui mais de 500 famílias, que sempre sofrem com a falta de água. Estive lá com o Vice-Governador, Major Rocha e o Superintendente do INCRA, Sérgio Bayum, ocasião em que tomei conhecimento da demanda judicial. Em razão disso, busquei a Ministra Tereza Cristina, e o Presidente Nacional do INCRA, e solicitei ajuda para que aquela população consiga acesso à água”, informou a parlamentar.
“A recepção ao pedido foi excelente. A Ministra demonstrou interesse e afirmou que irá nos ajudar, bem como o Presidente do INCRA, Dr. Geraldo Melo Filho. Estou esperançosa de que levaremos uma solução para os produtores do Walter Acer muito rapidamente”, finalizou Mara Rocha.

-------- Continua depois da Publicidade--------

Após fala de Bolsonaro, Petrobras diz que não há decisão sobre reajuste de combustível

Fato relevante publicado pela estatal vem após o presidente Jair Bolsonaro dizer que a empresa anunciaria uma redução de preço de combustíveis

Dilma desmente boato sobre doença e posta foto de bike: “Eu e a minha embolia”

Assessoria da petista também soltou nota em que rechaçou fake news

DPU recomenda que prefeito de Rio Branco pare de fazer discurso de ódio sobre musical com Papai Noel gay

Tião Bocalom se manifestou contra a iniciativa que foi aprovada pela FGB no último dia 26. Defensoria deu prazo de 10 dias para prefeito responder se vai ou não acatar recomendação.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS