21 novembro 2021 3:11 pm
31.3 C
Rio Branco
21 novembro 2021 3:11 pm

Mãe de mochileira conta que filha ainda não sabe da morte do namorado: ‘Felicidade virou tristeza’

g1 MS
-------- Continua depois da Publicidade--------

Angélica Santos Pereira, de 49 anos, afirmou que última lembrança da jovem é de Tiago Escarcell Boher, 31 anos, gritando seu nome. O rapaz morreu na manhã desta sexta (19).


Casal dividia moto e paixão pela viagem. — Foto: Redes sociais/Reprodução

“Uma coisa que era felicidade virou uma tristeza, uma angústia que não tem explicação”, disse Angélica Santos Pereira, de 49 anos, mãe da mochileira Jennifer Santos, internada em Campo Grande em estado grave, após o acidente de moto que sofreu na terça-feira (16).

Jennifer ainda não sabe que o namorado, Tiago Escarcell Boher, 32, que pilotava a moto, morreu nesta sexta-feira (19).

Angélica, que mora em Pelotas (RS), desembarcou em Campo Grande na noite de quinta-feira (18). Ela viajou com o filho e já conseguiu conversar com Jennifer, internada no CTI da Santa Casa.

“Ela está consciente. Lúcida, muito lúcida. Ela lembra que estava na moto e ouviu um barulho. Também se lembra de estar caída no chão com o Tiago. Ela disse que queria chegar perto, mas não tinha como caminhar”, relata. “A última lembrança que ela tem é um chamando pelo outro. É triste, é muito triste”.

Ainda segundo a jovem, logo depois do acidente Tiago gritava para que ela segurasse a mão dele e pedia que ela não dormisse. Mas os dois acabaram desacordados antes da chegada do socorro.

Horas antes de acidente grave, mochileiros comemoraram com fogos a viagem por todo Brasil (veja no vídeo mais abaixo).


A cada nova placa de divisa, o casal estampava sorriso no rosto. — Foto: Redes sociais/Reprodução

Jennifer ainda não sabe da morte de Tiago

Angélica diz que preferiu não contar para a filha sobre a morte do rapaz.

“Só vou falar depois, quando ela estiver no quarto. Vai ser um baque na vida dela. Ela estava muito feliz”, disse a mãe sobre o relacionamento do casal.

Angélica contou que a filha fez cirurgias, amputou dois dedos do pé, colocou pinos na perna. Mas, segundo a mãe, sua maior preocupação é com o psicológico de Jennifer. “Como vai ser a vida dela daqui pra frente?”, questiona.

A mãe contou que o casal tinha passado por algumas situações complicadas desde que deram início ao “mochilão” em duas rodas pelo Brasil.

Eles dormiram em papelão, passaram algumas necessidades, mas depois de um tempo passaram a ser acolhidos em algumas casas. “Eles estavam sempre com o sorriso estampado no rosto”.

A alegria que o casal demonstrava nas viagens é o extremo oposto do que a mãe está sentindo nesta sexta, após saber da morte de Tiago.

“Hoje pedi para o irmão [da jovem] ir falar com a Jennifer porque na minha cara está estampada [a tristeza]”.


Tiago era natural de Pelotas (RS). — Foto: Redes sociais/Reprodução

Ela enfatiza que Tiago era “um ser humano incrível”.

“Eu sempre agradeci muito a ele. Por cuidar dela, por fazer ela feliz. O Tiago salvou ela. Ele jogou o corpo dele para salvar a vida dela”, diz, com base nos relatos que ouviu da filha. “Eles se amavam. Eles se amavam e eram muito amigos”, disse.

Como foi o acidente

Segundo o boletim de ocorrência, um motociclista de 63 anos, que estava em uma motocicleta de luxo, tentou ultrapassar um caminhão em local proibido e bateu de frente na moto do casal de mochileiros. Com a batida, Tiago e Jennifer foram arremessados para a margem da rodovia. O motociclista que causou o acidente foi atingido por uma carreta e morreu no local.

Comemoração horas antes do acidente

Horas antes do acidente, o casal publicou um vídeo nas redes sociais, soltando fogos de artifício para comemorar os 36 mil quilômetros percorridos em pouco mais de oito meses de viagem e a chegada ao destino final: Mato Grosso do Sul.


Horas antes de acidente, mochileiros comemoraram final de viagem com fogos

“Após oito meses e treze dias, se eu contasse, ninguém acreditaria, nós conseguimos! Estamos na beira da estrada, percorremos mais de 36 mil quilômetros. Não foi fácil, estamos cansados, mas realizamos um sonho! O Brasil é nosso, com a nossa moto rodamos o país inteiro, demos uma volta no país e vamos voltar para casa”, contou Tiago no vídeo que foi postado nas redes sociais.

“Concluímos os 27 estados [sic] , acabamos de chegar em Mato Grosso do Sul, demos a volta no Brasil! Acabamos de chegar e estamos cansados. Ontem dormimos só três horas, tá sendo uma história que está marcada. Nem sei o que dizer, bora viver!”, disse Tiago.

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS