21 novembro 2021 11:30 am
28.3 C
Rio Branco
21 novembro 2021 11:30 am

Lula e Bolsonaro: farinha do mesmo saco no exterior

Istoé
-------- Continua depois da Publicidade--------

Lula e Bolsonaro passaram a semana passeando pelo mundo. O petista pela Europa e o ex-capitão nas Arábias. Os dois viajaram com dinheiro público. Sim. Lula ainda recebe como ex-presidente e tem despesas de viagem e assessores pagos pela União. Bolsonaro não só esbalda-se no exterior com dinheiro do governo, como ainda leva os filhos (Flávio e Eduardo) para se divertiram em Dubai. Este foi o segundo passeio do 03 pelos Emirados Árabes. Da outra vez, há 15 dias, aproveitou para levar a mulher e a filhinha a tiracolo par se esparramarem nas quentes areias árabes.

O que isso significa? Para os brasileiros que passam fome e que fazem sopa de ossos é um escárnio. Para os brasileiros que pagam os impostos mais altos do mundo para não receberam serviços públicos satisfatórios, é uma indecência. Uma imoralidade.

Se pelo menos Lula e Bolsonaro fossem ao exterior para obter investimentos no Brasil que promovessem aqui a abertura de novos negócios, menos mal. Mas, o que eles fazem lá fora é apenas proselitismo, propaganda de seus feitos, ou malfeitos, pois os dois são os mais rejeitados pelos eleitores aqui dentro e classificados como corruptos e dilapidadores do patrimônio público brasileiro.

Se o Brasil regrediu e teve sua imagem abalada internacionalmente, ora por ser um país corrupto (Lula comandou a maior ação de corrupção na história quando foi presidente), ora por seus uma nação que desrespeita direitos humanos e devasta o meio ambiente (Bolsonaro está destruindo a Amazônia), deve a esses dois presidenciáveis que, não satisfeitos com o que já legaram ao País, desejam agora ter mais um mandato na presidência para poderem continuar nos impedindo de ter um futuro melhor, sem corrupção e sem retrocessos políticos e econômicos.

Lula e Bolsonaro são farinha do mesmo saco, só que um é extremista da esquerda e o outro extremista da direita. Duas filosofias danosas. Enquanto o petista ameaça acabar com o teto de gastos, rever as privatizações e inviabilizar as reformas, representando um grande retrocesso econômico, Bolsonaro já acabou com o teto de gastos, desrespeitou a responsabilidade fiscal e desestabilizou a economia, permitindo a volta da inflação, dos juros estratosféricos e o retorno à recessão.

Os dois, portanto, são nocivos ao desenvolvimento econômico com justiça social. De nada adianta taparem o sol com a peneira como fazem, através da concessão de bolsas famílias ou auxílios brasis, porque isso não passa de esmola. O que o povo quer mesmo é crescimento econômico, investimentos para a geração de empregos e renda para todos sem medidas eleitoreiras, como os dois sempre fizeram para se eleger ou reeleger. O Brasil tem que mudar esse circulo vicioso e ter um presidente que, quando vai ao exterior, não seja apenas para enaltecer seus currículos, desfilar suas mazelas e resgatar suas fichas corrídas, que, por aqui, estão sujas, e que, lá fora, estão marcadas pela corrupção institucionalizada e pelo autoritarismo desprezível. O Brasil não quer nem Lula e nem Bolsonaro.

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS