1 dezembro 2021 2:58 pm
32.3 C
Rio Branco
1 dezembro 2021 2:58 pm

Lei estabelece memorial em homenagem às vítimas da Covid nas 22 cidades do Acre

G1ACRE
-------- Continua depois da Publicidade--------

Em Rio Branco, o espaço vai ser no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC). Também deve ser construído um memorial virtual.


Memorial vai reunir nome de todas as vítimas de Covid no estado — Foto: Reprodução

As 22 cidades do Acre devem construir memoriais físicos em homenagem às vítimas de Covid-19 no estado. É o que estabelece a lei º 3.796, sancionada pelo governador Gladson Cameli na edição do Diário Oficial desta quinta-feira (4).

Segundo o decreto, a ideia para preservar a memória das vítimas da pandemia de Covid-19 no Estado; prestar homenagem às pessoas que tiveram suas vidas interrompidas por consequência da doença; registrar historicamente os óbitos e o enfrentamento à pandemia no Estado e oferecer ao povo acreano e aos familiares e amigos de vítimas da Covid-19 um local de luto e de homenagem.

Além disso, os espaços devem também enaltecer o trabalho dos profissionais de saúde que estiveram à frente do combate ao coronavírus.

Deverá constar no memorial nome completo e fotografia; datas de nascimento e de óbito e uma breve biografia.

“Poderá constar, sem prejuízo do disposto neste artigo, outras informações que se fizerem relevantes para a identificação pessoal e a preservação da memória das vítimas”, diz o decreto.

Paralelo a isso, deve ser criado também um memorial virtual, que deve ficar disponível no site do governo. A responsabilidade da implantação do espaço físico fica a cargo da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte do Estado do Acre (SEE).

“Fica autorizado convênio entre o Governo do Estado com prefeituras municipais, a fim de implantar memoriais em homenagem às vítimas do novo Coronavírus em todos os municípios do Acre. As despesas decorrentes da execução desta lei correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas, se necessário”, finaliza.

Memorial no Into

Em Rio Branco, o espaço físico em homenagem às vítimas vai ser no Instituto de Traumatologia e Ortopedia do Acre (Into-AC), unidade de referência ao tratamento contra Covid na capital. Até essa quarta-feira (3), o Acre chegou a triste marca de 1.845 mortes causadas pela Covid-19.

Água e muitas luzes devem compor a estrutura do memorial na unidade. Além das pessoas que perderam a vida para o coronavírus, o memorial também vai homenagear as famílias e todos os profissionais da saúde que foram e são essenciais para o controle e combate à doença.

“É algo simples e singelo, mas é uma homenagem para que traga um pouco de conforto para essas pessoas, ainda mais que no Into, onde tantas pessoas tiveram a vida ceifada. A ideia é que as pessoas tenham um local aqui que possam sentar e conseguir lembrar dessa pessoa e, de alguma forma, poder homenagear e trazer conforto”, disse o secretário estadual de desenvolvimento urbano e regional, Luiz Felipe Aragão.

Into vai ter memorial em homenagem às vítimas do Covid-19 no Acre

Orçada em R$ 350 mil, a obra consiste em uma fonte luminosa que deve levar os nomes de todas as vítimas da doença. A recordação, a lembrança, a reminiscência e a importância do cuidado mútuo despertado pela doença certamente também serão sentimentos presentes no memorial. A expectativa é que ele seja inaugurado até o final do ano.

“A estimativa que agente fez é de 350 mil com prazo de entrega para dezembro, estamos finalizando orçamentário para finalizar um valor ‘X’, que é detalhamento, vamos remeter agora para a Seinfra [Secretaria de Infraestrutura] e com tratativas com ele vimos que podemos entregar em dezembro, como é uma obra fácil podemos entregar até dezembro.”

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS