19 novembro 2021 10:53 pm
23.3 C
Rio Branco
19 novembro 2021 10:53 pm

Justiça determina que filha receba metade da herança de Renné Senna, assassinado em 2007; valor ultrapassa os R$ 43 milhões

Viúva, condenada pelo homicídio do ex-lavrador, e nove irmãos dele disputam a outra metade da herança

da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

A Justiça autorizou que Renata Senna, filha do ex-lavrador Renné Senna, assassinado em 2007 após ganhar na Mega-Sena, receba metade da fortuna do pai: R$ 43,6 milhões.

Segundo o jornal Extra, a decisão saiu no mês passado, e Renata poderá receber o valor assim que impostos sobre a movimentação do dinheiro forem recolhidos. O g1 confirmou o teor da decisão judicial.

A outra metade da fortuna segue em disputa judicial por nove irmãos do ex-lavrador e Adriana Ferreira de Almeida, a viúva condenada a 20 anos de prisão pelo homicídio de Renné.

Renné Senna e Adriana Almeida: filha Renata é a única beneficiária da herança até agora — Foto: Reprodução/ TV Globo
Renné Senna e Adriana Almeida: filha Renata é a única beneficiária da herança até agora — Foto: Reprodução/ TV Globo

Viúva condenada por homicídio ainda tenta herança

 

Adriana teve um recurso negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) para que também fosse reconhecida como uma das herdeiras previstas em testamento, mas ainda pode recorrer da decisão.

O STJ considerou que Adriana não tinha direito à herança por ter manipulado o marido, uma vez que já teria um plano para matá-lo.

Renata Senna, filha da Renné Senna: herdeira reconhecida e autorizada a receber parte da fortuna de Renné Senna — Foto: Renata Igrejas/Inter TV
Renata Senna, filha da Renné Senna: herdeira reconhecida e autorizada a receber parte da fortuna de Renné Senna — Foto: Renata Igrejas/Inter TV

Prêmio da Mega-Sena cresceu nos últimos anos

 

Parte do prêmio da Mega-Sena de R$ 52 milhões, ganho por Renné em 2005, já quase duplicou de valor.

Além dos juros do montante deixado por ele em 2007, quando foi assassinado, o patrimônio teve acréscimo de R$ 10 milhões por conta da venda das Fazendas Nossa Senhora da Conceição, Sítio BR-101 e Fazenda da Posse, e de mais R$ 1,3 milhão pela venda de cabeças de gado, totalizando R$ 87, 2 milhões.

Filha já teve outras vitórias na Justiça

 

Essa não é a primeira vez que Renata Senna é beneficiada na Justiça com a herança do pai. A primeira vitória veio em 2016, quando ela foi autorizada a receber a quantia de R$ 5 mil enquanto filha inventariante de Renê.

Em 2017, ele teve sua legitimidade contestada pela viúva de Renné, submeteu-se a um exame de DNA e conseguiu provar que era mesma filha do ex-lavrador.

Em 2019, os irmãos de Renné tentaram anular o testamento que previa Renata como única herdeira, o que foi acatado pela Justiça.

Em março de 2021, a Justiça aumentou o adiantamento de herança de Renata de R$ 5 mil para R$ 10 mil, sem prejuízo dos outros herdeiros testamenteiros.

Em outubro de 2021, Renata foi autorizada a receber metade da herança do pai, Renné Senna, após mais de 14 anos de disputa na Justiça.

Relembre o crime

 

O crime aconteceu no dia 7 de janeiro de 2007, quando Renné foi executado a tiros na porta de um bar que frequentava em Rio Bonito.

Ex-trabalhador rural, ele ganhou R$ 52 milhões em um sorteio da Mega-Sena em 2005. De acordo com as investigações e a decisão da Justiça, Adriana, então mulher de Renné, foi a mandante do crime e contratou ex-seguranças para matar o marido. As balas acertaram a nuca, a têmpora esquerda, o olho esquerdo e o queixo do milionário.

Adriana Ferreira — Foto: Renata Igrejas/Inter TV
Adriana Ferreira — Foto: Renata Igrejas/Inter TV

Fonte: G1

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS