22 novembro 2021 2:16 pm
29.3 C
Rio Branco
22 novembro 2021 2:16 pm

EXEMPLO: Para sobreviver família percorre as ruas da capital a pé vendendo pamonha

Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

Nunca foi tão necessário lutar para sobreviver como tem sido nos dias atuais, onde nos deparamos com uma pandemia mundial que matou, sequelou e desempregou famílias. No Brasil, segundo informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 14,4 milhões de brasileiros estão sem emprego.

Buscando a própria sobrevivência e a dos filhos, o casal Cinara e Cemir Cunha, moradores do bairro Cadeia Velha, percorre as ruas da capital acreana vendendo pamonha e canjica.

Todo o percurso é feito a pé e na companhia dos dois filhos. O marido emburra a bicicleta cargueira com dois isopores e a esposa, com sua voz firme, anuncia o produto.

Cinara conta que por causa da pandemia e o isolamento social a situação ficou difícil para a família que sobreviviam vendendo pipoca. “Veio o auxílio emergencial, ajudou mas não foi suficiente pra gente que tem criança em casa e contas. Mas o Senhor lá de cima está provendo tudo e está no caminho da situação”, conta.

A família, que mora de aluguel, trabalha com venda ambulante há mais ou menos oito anos. Além das pamonhas, o casal vende, também churrasquinho.

Apesar de não possuírem um veículo de locomoção rápida para agilizar o trabalho, Cemir garante que se o cliente tiver interesse ele faz entrega nas redondezas, basta entrar em contato no número (68) 99969-5263

VIDEO:

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS