19 novembro 2021 8:20 pm
23.3 C
Rio Branco
19 novembro 2021 8:20 pm

ESTUPRO SEGUIDO DE MORTE: população tenta invadir hospital para linchar suspeito de estuprar e matar enteada

Juruá Informativa
-------- Continua depois da Publicidade--------

EIRUNEPÉ, AM – Moradores de Eirunepé tentaram invadir o Hospital Regional Vinícius Conrado, nesta quarta-feira (17), em busca de “fazer justiça” com as próprias mãos. O alvo é um homem de 28 anos que estuprou a própria enteada, de 11, antes de tirar a vida dela com pelo menos 20 facadas. O suspeito tentou cometer suicídio furando a própria barriga, mas sobreviveu e será levado para a delegacia assim que receber alta.


O prefeito Raylan Barroso usou suas redes sociais para lamentar a morte de Mirella, de 11 anos. O crime aconteceu no bairro São José, em Eirunepé.

Raylan escreveu em seu post que não é o momento de julgar, mas de desejar que Mirella tivesse paz. O prefeito comentou ainda que a menina estuprada e morta era amiga de sua filha e que elas brincavam juntas.

“Eirunepé está de luto com o assassinato da linda menina chamada Mirella, que foi brutalmente estuprada e assassinada. Como pai, estou de coração partido, principalmente ao contar para a minha filha Raissa de 11 anos e vê-la aos prantos, sem querer acreditar, pedindo para me falar que era mentira, pois elas eram muito amigas”, disse o prefeito.

Leia mais: https://ecosdanoticia.net.br/2021/11/barbarie-menina-de-11-anos-e-estuprada-e-assassinada-o-suspeito-e-o-proprio-padrasto/

Ainda segundo o prefeito, a menina era uma criança meiga e educada e que as lembranças dela brincando no quintal de sua casa jamais serão esquecidas.

“Mirella, sempre meiga e educada, frequentava a nossa residência onde brincava com minha filha e os meus sobrinhos Arthur e David. Agora, isso infelizmente não será mais possível. Não irei fazer prejulgamento, e sim desejar a você, Mirella, que Deus te receba e lhe guarde em um bom lugar, pois suas risadas, brincadeiras no balanço, correria no quintal e outros mais ao lado da minha filha e dos meus sobrinhos jamais serão esquecidos”, finalizou sua nota de pesar pela morte de Mirella.

Sobre o crime

Segundo a Polícia Civil, o homem teria molestado a criança, e em seguida, deu uma facada na altura do pescoço da vítima, bem como outras 20 por todo o corpo dela. A menina morreu imediatamente. Além disso, o homem tentou se matar após o crime, dando dois golpes de faca contra a própria barriga. No entanto, foi socorrido e levado para o Hospital Regional Vinícius Conrado, em Eirunepé.

Segundo os policiais, o suspeito já teria tentado estuprar a enteada em outras ocasiões.

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS