17 janeiro 2022 1:40 am
24.3 C
Rio Branco
17 janeiro 2022 1:40 am

Envolvidos na execução de Agente Penitenciário são condenados a quase 250 anos de prisão

Acrenews
-------- Continua depois da Publicidade--------

Os cinco réus denunciados pelo planejamento e execução do Agente Penitenciário Romário Cavalcante Alexandrino foram condenados. A soma das penas chega a quase 250 anos de prisão.

José Roberto da Cruz Lima foi sentenciado a 50 anos 10 meses e 10 dias, Gabriel Oliveira Gomes, a 50 anos e 11 meses, Rafael da Silva Campos do Nascimento 50 anos, 11 meses e 10 dias e Alexandre da Costa Lima, 50 anos e 11 meses. Já Diemeson Antônio da Silva e Silva recebeu pena de 43 anos e 8 meses.

A decisão foi do Conselho de Sentença da 2ª Vara do Tribunal do Júri e Auditória Militar, em sessão realizada nesta quinta-feira, 25. Na mesma decisão o Juiz Alesson Braz decretou a prisão preventiva do réu Diemeson Antônio.

Ele passou a ser monitorado por tornozeleira eletrônica, após ser baleado e perder os movimentos da perna durante uma tentativa de fuga do presidio.

“A intenção desse grupo era matar também outros membros da área de segurança pública para implantar o terror na região”, disse o Promotor de Justiça Teotônio Rodrigues durante a acusação.

O Agente Penitenciário Romário Cavalcante Alexandrino foi executado a tiros na noite de 21 de fevereiro de 2017, após ter a casa invadida por integrantes de uma facção criminosa.

O homicídio, aconteceu na Vila do V, região do município de Porto Acre. Na mesma ação criminosa o cunhado da vítima (nome não revelado) foi baleado.

O magistrado negou aos réus o direito de recorrer da sentença em liberdade. O julgamento terminou por volta das 19 horas desta quinta-feira.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS