8 dezembro 2021 12:34 am
24.3 C
Rio Branco
8 dezembro 2021 12:34 am

Criado o primeiro preservativo unissex do mundo, saiba como usar

da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

Um ginecologista malaio revelou o preservativo Wondaleaf Uni, considerado o primeiro preservativo do mundo que pode ser usado por homens e mulheres.

Ele espera que sua nova invenção possa ajudar a revolucionar a saúde sexual e fornecer opções contraceptivas mais flexíveis para quem deseja fazer sexo.

O preservativo Wondaleaf Uni consiste em uma película transparente que envolve o pênis ou é colocado dentro da vagina, suavemente fixada no lugar com uma película adesiva que adere à área púbica.

Ele cria uma barreira à prova de fluidos, funcionando como preservativo convencional, evitando a troca dos fluidos corporais e o contato direto com a pele durante as relações sexuais, reduzindo o risco de transmissão de DSTs e gravidez.

“É basicamente um preservativo normal com uma cobertura adesiva”, disse à Reuters o Dr. John Tang Ing Chinh, ginecologista da empresa de suprimentos médicos Twin Catalyst e inventor do preservativo unissex.

“É um preservativo com uma cobertura adesiva que se fixa na vagina ou no pênis, além de cobrir a área adjacente para proteção extra”, acrescenta.

O preservativo é feito de poliuretano, o que significa que é seguro para pessoas com alergia ao látex, além de não ter cheiro e sabor de borracha. A equipe também trabalhou para tornar o material o mais fino possível — apenas 0,03 milímetro de espessura — para evitar a perda de sensibilidade. Wondaleaf também afirma que a película adesiva não é muito dolorosa para remover da pele, embora possa ser mais confortável para pessoas que removem seus pelos pubianos.

O preservativo unissex passou por uma série de pequenos ensaios clínicos que mostraram que tanto homens quanto mulheres afirmavam que o desempenho era semelhante ou melhor do que os preservativos tradicionais. Os estudos também mostraram que a maioria dos homens e mulheres têm preferência pelo uso do preservativo unissex ao invés do feminino existente hoje no mercado.

Os preservativos só podem ser comprados e distribuídos na Malásia por enquanto, pois os precisam passar por verificações rigorosas de padrões para cada país. No entanto, a empresa espera colocá-los à disposição do mercado internacional em breve.

“Com base no número de testes clínicos que realizamos, estou bastante otimista de que, com o tempo, será um acréscimo significativo aos muitos métodos anticoncepcionais usados ​​na prevenção de gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis”, disse Tang. Abaixo um vídeo educativo de como funciona o novo preservativo em homens e mulheres.

Fonte(s): IFLScience 

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS