9 dezembro 2021 9:28 am
25.3 C
Rio Branco
9 dezembro 2021 9:28 am

Coquetel de anticorpos monoclonais reduz em 81% risco de idosos desenvolverem covid

O estudo foi realizado com 1.683 pessoas que não tinham sido expostas ao vírus

da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

Recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como tratamento para fortalecer a proteção de idosos e imunossuprimidos contra a covid-19, o coquetel de anticorpos monoclonais desenvolvido pela empresa de biotecnologia norte-americana Regeneron reduziu, nessa população, o risco de contrair a doença em mais de 80%, ao longo de oito meses. O estudo é patrocinado pelo governo norte-americano e ainda não foi publicado em revistas científicas.

Segundo Myron Cohen, pesquisadora da Universidade da Carolina do Norte e líder do estudo, os resultados são “particularmente importantes para aqueles que não respondem às vacinas anticovid-19, incluindo pessoas imunossuprimidas”.

No período de acompanhamento, que variou de dois a oito meses, houve sete casos de covid no grupo que recebeu o tratamento, e 38 no do placebo, representando uma redução de 81,6%. Nenhum dos tratados com o coquetel foi hospitalizado, contra sete internações entre os de controle.

“Uma única dose de Regen-VOC forneceu proteção de longo prazo contra a covid-19, mesmo em momentos de alto risco de exposição doméstica e de longo prazo durante a exposição mais ampla atual”, informou George Yancopoulos, presidente e cientista-chefe da empresa, em um comunicado. O estudo foi realizado com 1.683 pessoas que não tinham sido expostas ao vírus.

O tratamento é baseado em dois anticorpos monoclonais produzidos em laboratório. São proteínas em forma de Y que têm como alvo a superfície do coronavírus e o impedem de invadir as células humanas. As vacinas também preparam o sistema imunológico para produzir essa proteção. Mas algumas pessoas, especialmente os idosos e imunossuprimidos, não respondem bem a esse tipo de imunização.

Fonte: Correio Braziliense

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS