28 novembro 2021 3:22 pm
28.3 C
Rio Branco
28 novembro 2021 3:22 pm

Consciência Negra: artista Camila Cabeça promove Festival Afro-cultural a partir de 15 de novembro

da Redação Ecos
-------- Continua depois da Publicidade--------

À beira do Rio Acre, no festeiro bairro da Base, a artista Camila Cabeça promove o Festival Afro-cultural Cabeça de Nêga com programação que celebra a semana da Consciência Negra, de 15 a 20 de novembro de 2021. As temáticas passam pela educação antirracista e patrimonial cultural.

O Festival resulta do projeto aprovado pelo Edital de Produção e Eventos Consolidados/ Inéditos nº 007/2020 do Governo do Estado do Acre, por meio da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour/ Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc.

Cada elemento da programação se inspira nos saberes do povo da Amazônia, o que inclui: treinamento para comunicadores, palestras, oficinas, rodas de conversa, atendimento jurídico, Feira do Bem Viver, cortejo de Maracatu, ato pelo Dia da Consciência Negra, apresentação de Marujada, programação musical A hora do pôr-do-sol de Oyá e baile musical.

“Cabeça é orí, é o nosso conhecimento, então, o Festival foi pensando para Rio Branco partindo da comunidade do bairro da Base. Faremos um trato sonoro, artístico com formação, fruição artística, de natureza sensorial, de troca de conhecimentos de forma que fortaleça o elo de todes; tanto de mulheres quanto da sociedade como um todo”, explica Camila Cabeça, artista e proponente do projeto.

Um destaque na programação será a participação da escritora, arquiteta e urbanista, Joice Berth que ministrará a palestra “Decolonialidade e empoderamento”, no dia 16 de novembro, às 19h. A vinda da escritora ao Acre é fruto da parceria da organização do Festival com o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC).

Também fazem parte da programação, o atendimento jurídico oferecido pela Defensoria Pública do Estado do Acre (DPE) nos dias 16 e 19 de novembro, terça-feira e sexta-feira. Entre eles estão consultas a processos, orientações sobre pensões alimentícias, pedidos de guarda, entre outros já comumente oferecidos pela defensoria.

Crédito: Assessoria

 

A artista Camila Cabeça

A carreira de Camila Cabeça chega a um ciclo ainda mais especial, em 2021 ela completa 10 anos de cantoria. Na trajetória de produtora à artista fez residência artística, ministrou aulas para turmas internacionais. Com pesquisas, desenvolveu o método artístico “Carimbó para o Despertar do Corpo”, promoveu lives e durante a pandemia, viajou por cidades acreanas com projetos de afrobetização que tem compromisso com a luta antirracista.

Consciência Negra

Como forma de pontuar o Dia da Consciência Negra, 20 de novembro, a programação do Festival prevê o ato “Aquilombar é preciso”, articulado pelo Movimento Negro Unificado no Acre (MNU-Acre), com início às 09h.

O mergulho

Na chegada ao bairro com o devido envolvimento e comprometimento comunitário, a artista Camila Cabeça desenvolveu uma ação chamada de “Mergulho: da resistência à permanência”, cumprido inteiramente no Bairro da Base.

Nesta etapa pré-festival que já conta com o incentivo da Associação de Moradores e alguns moradores históricos do bairro, foi feita a divulgação do evento nas ruas do Bairro da Base, no dia 04 de novembro, ainda haverá oficinas e palestra para moradores no barracão do Bloco Sambase, porém, com número de participantes limitado.

A primeira oficina do Mergulho, “Conhecendo e vivenciando o Maracatu Nação Pé-rachado”, mediada pelo Maracatu Nação Pé Rachado, ocorre de 05 a 07 de novembro de 2021, das 15h às 19h. A segunda oficina, “Carimbó para o despertar do corpo” ministrada por Camila Cabeça, ocorre na sequência de 08 a 10 de novembro, também das 15h às 19h.

No dia 09 de novembro, haverá a palestra “Tratamento da ansiedade e depressão com plantas e óleos medicinais”, com Dayan de Araújo Marques, farmacêutico, professor da Universidade Federal do Acre (Ufac) e coordenador do projeto de extensão “Mãos que salvam”.

Todas as atividades seguem os devidos protocolos sanitários de saúde e estão voltadas para o público vacinado com as duas doses da vacina contra Covid-19.

SERVIÇO

Festival Afro-cultural Cabeça de Nêga

Data: 15 a 20 de novembro de 2021

Horário: de segunda a sexta, das 08h às 21h; sábado das 08h às 22h

Local: Rua Barbosa Lima – Bairro da Base

 

Fonte: Assessoria

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS