20 novembro 2021 7:27 am
22.3 C
Rio Branco
20 novembro 2021 7:27 am

Cidades do AC estão autorizadas a aplicar doses de reforço contra Covid e começam a montar cronograma

G1 Ac
-------- Continua depois da Publicidade--------

Com a liberação do Ministério da Saúde para que os estados apliquem a dose de reforço em pessoas com mais de 18 anos, a coordenação do Programa Nacional de Imunização (PNI) informou que o Acre recebeu nota técnica com a autorização, na tarde dessa quarta-feira (17), e que os municípios estão autorizados a iniciar a imunização.

A gerente do PNI, Renata Quilles, disse que após a nota os municípios estão autorizados a partir desta quinta-feira (18) a aplicar a dose de reforço, porém, as coordenações precisam primeiro comunicar as salas de vacinas, o que deve ocorrer ainda na manhã desta quinta.

O Ministério da Saúde ampliou o público que deve receber a dose adicional para todas as pessoas maiores de 18 anos. Antes, a indicação valia apenas para idosos, imunossuprimidos e profissionais de saúde. O governo federal também antecipou o intervalo de aplicação de seis para cinco meses.

“Já estão autorizados a partir de hoje [quinta,18], mas, as coordenações precisam primeiro comunicar as salas de vacinas. Hoje, eles já devem estar vacinando, mas devido a forma tardia como recebemos o documento do Ministério pediremos paciência e colaboração da população”, disse Renata.

A coordenadora afirmou ainda que há uma estimativa de que pelo menos 100 mil pessoas estão aptas a tomar a dose de reforço e que o estado possui doses para começar a aplicação.

De acordo com informações do portal de transparência do governo, o Acre já recebeu 1.015.363 doses de vacinas e foram aplicadas 978.897 doses na população até essa quarta, data da última atualização. Das doses, 558.724 pessoas tomaram a primeira dose, 392.735 a segunda, 12.134 a dose única e 12.120 a de reforço.

Veja quando poderá tomar a dose de reforço

De acordo com as informações divulgadas pelo Ministério da Saúde, os brasileiros receberão a terceira dose cinco meses depois de terem tomado a segunda (no caso dos imunizantes CoronaVac, da Pfizer e da AstraZeneca).

Ou seja: quem completou o esquema vacinal em outubro de 2021 poderá ir aos postos de saúde para a terceira dose por volta de março de 2022.

Já para aqueles que tomaram a vacina da Janssen, que era de dose única, o ministério passa a indicar uma segunda dose com dois meses de intervalo. Cinco meses depois, o indivíduo poderá tomar o reforço (a terceira dose).

Qual vacina poderei tomar?

A recomendação do Ministério é para que os postos de saúde combinem diferentes tecnologias de vacina, ou seja, usem vacinas diferentes das que foram aplicadas anteriormente.

No Brasil, quatro já foram aprovadas e incorporadas ao Plano Nacional de Imunização (PNI). São elas: AstraZeneca (vetor viral), CoronaVac (vírus inativado), Janssen (vetor viral) e Pfizer (RNA).

As quatro também já tiveram o uso emergencial concedido pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS