7 dezembro 2021 3:16 am
23.3 C
Rio Branco
7 dezembro 2021 3:16 am

Talibã mata duas pessoas que tocaram música em um casamento

Caso aconteceu em Cabul; parentes relataram que combatentes abriram fogo quando perceberam que convidados ouviam música afegã

IG
-------- Continua depois da Publicidade--------

Dois homens foram mortos por combatentes do Talibã por tocarem música afegã durante uma festa de casamento em Cabul, no Afeganistão, neste sábado, 30. Segundo agências internacionais, o ato foi condenado até mesmo pelo governo que atualmente comanda o país.

Parentes relataram que outras duas pessoas também ficaram feridas. No primeiro governo do Talibã, músicas que não fossem religiosas estavam proibidas em todo o Afeganistão. Desta vez, no entanto, ainda não há nenhuma determinação a respeito.

“Os jovens tocavam música em uma sala separada, três tabilãs vieram e atiraram neles. Os dois feridos estão em estado grave”, contou uma das testemunhas.

Zabihullah Mujahid, porta-voz do governo Talibã, não confirmou a autoria do ataque, mas afirmou que “ninguém entre as fileiras do Emirado Islâmico (novo nome do país dado pelo grupo armado) tem o direito de evitar a música, exceto o Ministério para a Propagação da Virtude e a Prevenção do Vício, e apenas por meio de orações”.

O porta-voz da província de Nangarhar confirmou o caso, mas não entrou em detalhes. No Afeganistão, casamentos e festas afegãs estão sendo realizados sem nenhum tipo de música por medo dos guerrilheiros.

-------- Continua depois da Publicidade--------

Quem é Aung San Suu Kyi, a Nobel da Paz condenada a quatro anos de prisão após golpe militar em Mianmar

Na prática, ela era a líder do país desde 2015. Suu Kyi foi acusada de incitar a dissidência contra os militares e violar as regras de controle da Covid-19 durante as eleições em 2020, vencida por ela.

Argentina detecta primeiro caso da variante Ômicron

Homem, de 38 anos, regressou de viagem de trabalho à África do Sul

ÚLTIMAS NOTÍCIAS