7 dezembro 2021 3:23 am
23.3 C
Rio Branco
7 dezembro 2021 3:23 am

Sérgio Camargo deve apagar posts contra decisão judicial do MPT

Desde 11 de outubro, Camargo está proibido de nomear ou exonerar funcionários

metro 1
-------- Continua depois da Publicidade--------

O presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo, deve retirar de suas redes sociais postagens contra decisão da justiça do trabalho de Brasília que o proíbe de nomear e exonerar funcionários na instituição. A decisão é do juiz Gustavo Carvalho Chehab, da 21ª Vara do Trabalho de Brasília, e foi determinada na última sexta-feira (22). Desde 11 de outubro, Camargo está proibido de nomear ou exonerar funcionários.

A determinação atendeu, parcialmente, a um pedido do Ministério Público do Trabalho (MPT), que solicita o afastamento de Camargo da presidência. De acordo com a ação, o gestor é responsável por “perseguição político-ideológica, discriminação e tratamento desrespeitoso com os funcionários”.

Conforme a determinação, os atos de gestão podem ser feitos apenas pelo presidente Jair Bolsonaro ou por alguma autoridade indicada por ele.

-------- Continua depois da Publicidade--------

Após fala de Bolsonaro, Petrobras diz que não há decisão sobre reajuste de combustível

Fato relevante publicado pela estatal vem após o presidente Jair Bolsonaro dizer que a empresa anunciaria uma redução de preço de combustíveis

Dilma desmente boato sobre doença e posta foto de bike: “Eu e a minha embolia”

Assessoria da petista também soltou nota em que rechaçou fake news

ÚLTIMAS NOTÍCIAS