2 outubro 2021 9:23 am
28.7 C
Rio Branco
2 outubro 2021 9:23 am

Número de conversões para abastecer com gás veicular dobra com gasolina cara

R7 , com (SF)

Transformação ainda vale a pena para quem usa muito o veículo, apesar da disparada de 34% no preço do GNV neste ano.

- Publicidade-

O número de motoristas brasileiros que optaram por transformar seus veículos para abastecer com GNV (gás natural veicular) mais do que dobrou nos primeiros meses deste ano e já supera o volume de conversões realizadas em 2020.

De acordo com dados da Senatran (Secretaria Nacional de Trânsito), foram contabilizadas 150.118 conversões automotivas entre janeiro e agosto de 2021. O volume é 106,3% maior do que o apurado no mesmo período de 2020, quando ocorreram 72.757 transformações, e já supera em 5,6% as 142.223 instalações realizadas no ano passado.

O gerente de vendas da Comgás (Companhia de Gás de São Paulo), Guilherme Santana, cita a competitividade em relação aos demais combustíveis como o principal motivo para o aumento de instalações do “kit GNV”, que custa entre R$ 4.000 e R$ 5.000.

Dados coletados semanalmente pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) nos postos apontam que o preço médio cobrado pelo litro da gasolina saltou 35,9% somente neste ano, de R$ 4,483 para R$ 6,092. A variação do etanol é ainda maior, de 48,3%.

A tendência de alta também atinge o gás natural veicular, que acumula valorização de 33,9%, com cada m³ do combustível comercializado por, em média, R$ 4,138 na última semana de setembro, contra o valor médio de R$ 3,09 de dezembro. Ainda assim, a avaliação é de que a conversão resulta em economia, principalmente para os motoristas que trabalham no trânsito.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS