2 dezembro 2021 1:33 am
23.3 C
Rio Branco
2 dezembro 2021 1:33 am

Multidão se reúne em funerária de Goiás para aguardar ressureição de pastor

com informações do https://www.metropoles.com

Huber Rodrigues deixou documento assinado em que dizia que ressuscitaria às 23h30 desta segunda-feira

-------- Continua depois da Publicidade--------

Uma multidão se reuniu em frente a uma funenária no interior de Goiás esperando a ressurreição de um pastor. Huber Rodrigues assinou um documento dizendo que ressucitaria três dias após a sua morte.

A esposa do pastor evangélico Huber Carlos Rodrigues, impediu que o corpo do marido fosse sepultado. Ana Maria de Oliveira Rodrigues afirma que o marido deixou uma declaração, escrita em 2008, em que ele diz ter sido informado pelo Espírito Santos de que ressuscitaria três dias após a morte.

O homem morreu na última sexta-feira (22/10), vítima de complicações cardiorrespiratórias, no município de Goiatuba, a cerca de 177 km da capital goiana. Dessa forma, o prazo para a ressurreição descrito por ele termina nesta segunda-feira (25/10), às 23h30.  Conforme o documento deixado pelo pastor, ele passaria por um “mistério de Deus”.

“Minha integridade física tem que ser totalmente preservada, pois ficarei por três dias morto, sendo que no 3ª dia, eu ressuscitarei. Meu corpo durante os três dias não terá mau cheiro e nem se decomporá, pois o próprio Deus terá preparado minha carne e meu cérebro para passar por essa experiência”, diz a declaração. Apesar de não ser registrado em cartório, o documento foi assinado por duas testemunhas.

Ainda na declaração, Huber diz que, por meio da sua ressurreição, pessoas passarão a ouvir a mensagem de Deus e a crer nela. “Eu não serei a luz, mas testificarei a luz, a luz verdadeira que veio ao mundo e ilumina todas as pessoas.

O corpo do homem está na funerária e, segundo o estabelecimento, até o momento, não houve velório. O casal estava junto há 26 anos e não tiveram filhos.

 

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS