27 novembro 2021 11:35 pm
22.9 C
Rio Branco
27 novembro 2021 11:35 pm

Moradoras do DF e de SC têm o mesmo nome, sobrenome e CPF

Com informações do https://noticias.r7.com/

Elas também nasceram no mesmo dia e, por erro da Receita, a vida de uma se atrelou à da outra nos registros oficiais.

-------- Continua depois da Publicidade--------

A Luana do DF é estudante de direito e precisou levantar alguns documentos com a finalidade de se preparar para tirar o registro da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) quando estiver formada. O que trouxe preocupação, também, foi o fato de ela encontrar em seu CPF restrições referentes a compras que ela nunca tinha feito. Para a catarinense Luana Silva de Oliveira, o problema foi descoberto quando ela tentou iniciar o processo de obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Como a homônima do DF já tinha o documento, o Departamento de Trânsito afirmou que ela não poderia iniciar o processo, pois nos registros do órgão aquele número de CPF já estava habilitado.

Mais de 1.700 quilômetros separam duas jovens que nasceram em 18 de setembro de 1999. No entanto, coincidências — além da data de nascimento — e erros nos registros oficiais fizeram com que a vida de uma ficasse completamente atrelada à da outra. Há três anos, Luana Silva de Oliveira, de 22 anos, moradora de Planaltina, no Distrito Federal, descobriu que tem uma homônima na cidade de Friburgo, em Santa Catarina. Além do nome e sobrenome, ela descobriu que a outra jovem compartilha com ela o mesmo número de CPF (Cadastro de Pessoa Física).

A Luana do DF é estudante de direito e precisou levantar alguns documentos com a finalidade de se preparar para tirar o registro da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) quando estiver formada. O que trouxe preocupação, também, foi o fato de ela encontrar em seu CPF restrições referentes a compras que ela nunca tinha feito. Para a catarinense Luana Silva de Oliveira, o problema foi descoberto quando ela tentou iniciar o processo de obtenção da CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Como a homônima do DF já tinha o documento, o Departamento de Trânsito afirmou que ela não poderia iniciar o processo, pois nos registros do órgão aquele número de CPF já estava habilitado.

 

-------- Continua depois da Publicidade--------

Qual a melhor estratégia para fazer a segunda prova do Enem?

Professores dão dicas para otimizar o tempo ao responder às questões; exame será aplicado neste domingo (28) em todo o país

Justiça tem 20 dias para decidir se médico que matou colega de profissão vai a Júri

Geraldo Júnior (esq) passou pela primeira audiência de instrução seis meses após matar Andrade (dir)

ÚLTIMAS NOTÍCIAS