3 dezembro 2021 6:00 pm
30.3 C
Rio Branco
3 dezembro 2021 6:00 pm

Mesmo com chuvas acima da média, Rio Acre encerra outubro em situação crítica e com menor cota desde 2017

G1 Ac
-------- Continua depois da Publicidade--------

Apesar de outubro encerrar com o registro de chuvas a cima da média em Rio Branco, o Rio Acre segue em situação crítica e chegou à cota de 2,09 metros, neste domingo (31), e apresenta a pior cota para a mesma data dos últimos cinco anos.

Os dados são da Defesa Civil Municipal e mostra que desde 2017, quando a cota no dia 31 foi de 3,21 metros, o manancial não tinha apresentado nível tão baixo.

O coordenador da Defesa Civil Municipal, major Claudio Falcão, disse que a média de chuva esperada para a capital em outubro era de 150,9 milímetros, mas choveu 180 milímetros no acumulado, mesmo assim, o rio continua em situação crítica.

“Temos chuvas acima da média esperada no mês de outubro. Mas, isso não dá um conforto para nós em relação à questão de nível do rio. A grande razão disso é que tivemos um período muito crítico, entre julho a setembro, e só em outubro começou a melhorar a questão das chuvas”, explicou.

Na comparação com os últimos anos, em 2017 o rio Acre apresentou cota de 3,21 metros, 3,77 metros em 2018. Em 2019 foi a maior para a data (3,82) e segunda menor em 2020 (2,54).

Falcão informou ainda que apesar da melhora das chuvas neste mês, não foi possível sair da crise hídrica devido os 100 dias sem chuvas no início do segundo semestre deste ano.

“Tivemos muitas oscilações porque com as chuvas que aconteceram em outubro, tivemos até 50 centímetros de aumento e depois caiu tudo novamente, é o que aconteceu nos últimos três dias, que fomos para um nível melhor e depois disso foi só decréscimo”, pontuou.

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS