9 dezembro 2021 7:16 am
25.3 C
Rio Branco
9 dezembro 2021 7:16 am

Irmã de Paulo Gustavo emociona ao fazer carta aberta no aniversário do Ator.

Em homenagem ao comediante, que completaria 43 anos neste sábado, produtora escreveu uma bela mensagem e prometeu novidades

Gshow
-------- Continua depois da Publicidade--------

Paulo Gustavo faria 43 anos neste sábado, 30 de outubro, mas o Brasil perdeu, precocemente, um de seus maiores talentos da TV, do cinema e do teatro, no dia 4 de maio, às 21h12, após complicações da Covid-19, encerrando assim um ciclo de sucesso estrondoso iniciado, coincidentemente, em um dia 4 de maio, às 21h, quando estreou nos palcos.

Além de muita saudade, o humorista deixou uma obra celebrada pelo público e escreveu seu nome na história da comédia brasileira. Para homenagear esse grande artista, que eternizou Dona Hermínia como uma das personagens mais amadas pelo povo, em “Minha Mãe é uma Peça”, convidamos sua parceira de vida toda, a irmã e produtora Ju Amaral.

Ela não só aceitou, como registrou em uma carta aberta, enviada ao Gshow, todo o seu amor, saudade e agradecimento por ter feito parte dessa jornada meteórica e fenomenal do humorista.

Para o Paulo Gustavo irmão, filho, pai, marido e artista inesquecível… Fica essa homenagem! ❤️

Leia a carta na íntegra:

Querido Tatau,

Hoje é seu aniversário. Diferentemente do ano passado, que foi marcado por alegria, beijos e abraços, neste ano, o principal sentimento é a saudade. Não te ter mais aqui ao nosso lado no plano físico dói. Contudo, aqui estou, amando e dando o melhor de mim para alegrar as vidas de Romeu e Gael, cuidando de mamãe, papai, Thales e a tia Penha – todos eternamente unidos no amor e na saudade.

Recentemente me perguntaram se me lembro de algum momento inesquecível ou cômico ao seu lado. Até tentei responder, porém, com um nó na garganta, cheguei à conclusão de que todos os momentos foram especiais, assim como todos os aniversários, todas as conquistas, todas as discussões e todos os dias em que tive o privilégio de ser sua irmã.

O lugar onde você está agora, não há dúvidas, reflete a maneira como você viveu na Terra. Em outras palavras, é um lugar cheio de amor, ternura, bondade e respeito. É um lugar onde só habitam seres puros e iluminados. Até arrisco afirmar que você está tirando umas boas gargalhadas desses anjos de luz que se encontram ao seu lado. Digo isso, pois, aqui, é o que você continua fazendo por meio de suas obras eternizadas.

Seu legado é muito maior do que os blockbusters que você criou e protagonizou. Ele não é tão facilmente mensurável quanto seus sucessos de bilheteria. Todavia, está presente nas mais diferentes esferas das vidas dos brasileiros. Com a sua carreira, você provou que com muito esforço e talento, é possível chegar ao estrelato. Com a Dona Hermínia, inspirada na mamãe, você deu um rosto às mães de todo o Brasil. Com seu casamento com Thales, provou que a principal base para a consolidação de uma família é meramente o amor, e não o gênero.

Tatau, aproveito o espaço desta carta aberta para também agradecer aos fãs. Muitíssimo obrigada por amarem meu irmão e por tudo o que fazem até hoje. Eu e minha família nos sentimos verdadeiramente amadas e acolhidas. Meu irmão também amava vocês e é por isso que não deixaremos que sua obra se encerre por aqui. Podem aguardar, pois, haverá sim, projetos envolvendo o nome de Paulo Gustavo.

Antes de concluir, gostaria de fazer um apelo final. Cuidem uns dos outros! Vacinem-se! A pandemia ainda não chegou ao fim. Em algumas partes do mundo, temos visto que os números de fatalidades voltaram a subir. Vamos também exigir de nossos políticos que governem para nós, e sem desprezo à vida humana. Se a vacina tivesse chegado alguns meses antes, talvez meu irmão ainda estivesse por aqui.

Tatau, hoje, no dia 30 de outubro, seu aniversário, você merece esta e todas as homenagens. Inclusive, no estado do Rio de Janeiro, passamos a celebrar o “Dia do Humor”, visto que “rir é um ato de resistência”. Você era amor e humor, e sempre nos lembraremos que o humor salva, o humor cura, e que ele é amor.

Ser sua irmã é um privilégio, é divino, é eterno. Obrigada por tudo. TE AMO! Até logo…
Juju.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS