6 dezembro 2021 3:40 am
23.3 C
Rio Branco
6 dezembro 2021 3:40 am

Governador Gladson congela imposto dos combustíveis por 90 dias para impedir novo aumento

Acrenews
-------- Continua depois da Publicidade--------

O governador Gladson Cameli (Progressistas) acompanhou a decisão e vai congelar por 90 dias o valor do preço médio ponderado ao consumidor final (PMPF) para impedir um novo aumento nos valores dos combustíveis. Ele segue outros Estados do Brasil que também fizeram o mesmo.

O PMPF é calculado conforme as informações enviadas pelos governos de cada estado e é utilizado como valor base para a cobrança do ICMS, o qual corresponderá a um percentual deste PMPF. Ou seja, é em cima do valor do PMPF que os governos estaduais cobram o ICMS.

O secretário de Fazenda, Rômulo Grandidier, explicou que qualquer reajuste no valor dos combustíveis, a partir de agora, será ocasionado e/ou explicado por um aumento na Petrobras ou alta do dólar.

“O PMPF não vai aumentar nos próximos dias e isso significa que qualquer aumento não será reponsabilidade do Estado, mas de algum reajuste feito na Petrobras ou alta do dólar”, comentou.

Como o PMPF influencia o preço na bomba

Embora busque refletir o preço que é cobrado na bomba, o PMPF acaba influenciando a formação desse preço, pois o ICMS é um dos principais componentes do valor pago pelo consumidor.

Se o estado estabelece um PMPF elevado, o peso do imposto sobe e inflaciona o produto na bomba. Por outro lado, um valor de referência mais baixo pode reduzir a pressão sobre o preço final.

Mas o valor pago pelo consumidor também depende de outras variáveis, como a cotação do petróleo, o preço do derivado na refinaria, os demais tributos, as margens de lucro da cadeia de produção e comercialização e o grau de concorrência no mercado.

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS