26 novembro 2021 11:48 am
31.3 C
Rio Branco
26 novembro 2021 11:48 am

Ex-prefeito Zezinho Barbary e empresário podem ter sido vítimas do “bando do Zé Luiz”

Notícias da Hora
-------- Continua depois da Publicidade--------

O ex-prefeito do município de Porto Walter, Zezinho Barbary e o empresário Cleber Pedrosa, um dos principais da cidade, vítimas de assalto e sequestro na manhã desta quinta-feira (28), podem ter sido vítimas de um grupo criminoso conhecido na região do Juruá como o “bando do Zé Luiz” e que tem ligação com a facção criminosa Comando Vermelho.

A informação foi repassada ao Notícias da Hora por uma fonte da Polícia Civil de Cruzeiro do Sul.

José Luiz da Silva, o “Zé Luiz”, é um conhecido e perigoso traficante e assaltante, ocupando cargo de liderança do CV no Juruá, que está foragido desde 1ª de julho de 2019, quando fugiu correndo da escolta policial no momento que era levado para julgamento no Fórum de Cruzeiro do Sul.

Após a fuga, o bandido foi cruzou a fronteira do Brasil com o Peru e, de acordo com a polícia, se esconde na cidade peruana de Pucallpa, de onde coordena e comanda ações criminosas em solo acreano.

A fonte revelou ainda, que o grupo criminoso liderado por Zé Luiz já está sendo investigado por outro assalto seguido de sequestro onde esposa e filho de um empresário da cidade foram levados pelos criminosos. Até o momento 10 bandidos ligados ao líder faccionado já forma identificados pela Polícia Civil.

A fonte revelou ainda que há pelo menos 40 dias obtiveram informações de possíveis ações do bando na região do Juruá e vinha investigado a possibilidade dos ataques ocorrerem na cidade de Cruzeiro do Sul.

A reportagem conversou com o secretário de Segurança Pública do Acre, Paulo Cesar Santos para saber sobre as medidas que estão sendo adotadas pelas forças de segurança para prender o bando.

De acordo com o secretário, após a soltura das vítimas, que foram deixadas pelos bandidos às margens do rio Juruá-Mirim, a Polícia Civil realizará o trabalho de investigação para identificar os marginais enquanto equipes do Comando de Operações Especiais (COE), da Polícia Militar de Cruzeiro do Sul estão se reversando em equipes no trabalho de cerco e incursão nas matas da região na tentativa de prender os assaltantes.

“Estamos com equipes da COE de Cruzeiro do Sul na região em que possivelmente os bandidos estão escondidos realizando um cerco armado e incursões na mata, A expectativa é de localizar esses marginais nas próximas horas”, comentou o secretário que nãp descarta o envio de reforço policial para a região para ajudar nas buscas aos assaltantes.

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS