7 dezembro 2021 2:07 pm
31.3 C
Rio Branco
7 dezembro 2021 2:07 pm

Energia solar muda realidade de comunidade isolada do Acre que só tinha luz por gerador

G1 Ac
-------- Continua depois da Publicidade--------

Pela primeira vez, a comunidade isolada na Vila da Restauração, que fica dentro da Reserva Extrativista Chico Mendes, no município de Marechal Thaumaturgo, interior do Acre, recebeu energia solar. A inauguração do sistema ocorreu nessa terça-feira (26).

A vila fica a 70 quilômetros de Marechal Thaumaturgo, onde moram cerca de 200 famílias. Até então, os moradores só contavam com eletricidade por apenas três horas durante o dia, produzida por um único gerador a diesel, custeado pelos habitantes locais e pela prefeitura.

“Hoje, o que a gente sabe é que ninguém mais se preocupa porque a hora que minha esposa quiser lavar roupa, passar, fazer qualquer serviço que dependa da energia não tem esse negócio de esperar por hora. A hora é o tempo que ela precisar e toda a comunidade está vivendo desta forma”, disse o morador Juscelino de Souza.

Tecnologia de ponta

Agora, a energia elétrica chega aos moradores por um microssistema de geração solar e armazenamento de energia, por meio de baterias de íon de lítio, tecnologia de ponta com baixo impacto ambiental e maior durabilidade.

O investimento da Energisa soma aproximadamente R$ 20 milhões e faz parte dos programas de Pesquisa e Desenvolvimento e de Eficiência Energética da Energisa, ambos regulados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

“Valeu à pena o desafio. Foi um projeto muito importante, desafiador. Nós vamos entregar uma energia limpa, sustentável, renovável e 24 horas por dia para a população. Enfim, acho que valeu à pena, as pessoas estão muito felizes e estamos sentindo aquela questão do dever cumprido”, pontuou o diretor-presidente da Energisa no Acre, José Adriano Mendes.

Presente na inauguração, o governador Gladson Cameli disse que a ideia é levar aos lugares mais distantes do estado que ainda não possuem energia elétrica.

“Nós vamos sentar para que possamos levar para todas os lugares mais distantes e as comunidades que precisam”, ressaltou.

Eládio Furtado, subprefeito da Vila Restauração, disse que muitos não acreditavam que seria possível, mas agora a comunidade colhe os frutos da espera.

“As pessoas diziam que não dava certo, e o hoje estamos contemplando essa inauguração tão importante e maravilhosa ter energia que não vai poluir.

A comunidade vai passar a ter também internet 4G. É a tecnologia mudando a vida de quem mora no coração da Amazônia.

-------- Continua depois da Publicidade--------
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS