4 outubro 2021 7:21 am
26.3 C
Rio Branco
4 outubro 2021 7:21 am

Empresário de 23 anos é assassinado durante assalto em praça

Gabriel Benamor estava dentro do carro, quando foi abordado por dois criminosos. Segundo relatos de amigos do jovem à reportagem, a vítima assustou-se e foi baleada

Correio Braziliense
- Publicidade-

Um empresário de 23 anos morreu vítima de latrocínio (roubo seguido de morte), na tarde deste sábado (2/10), em Taguatinga Norte. Gabriel Benamor, morador de Águas Claras, estava na companhia de um amigo próximo ao carro, quando foi abordado por dois criminosos e baleado.

crime aconteceu por volta das 9h, na praça da QNF. Ao Correio, um dos amigos do jovem relatou que, enquanto Gabriel estava no carro, os assaltantes o abordaram e, ao assustar-se, o rapaz foi alvejado a tiros. O colega do empresário não estava no veículo, mas ouviu os tiros e viu o amigo caído ao chão.

O empresário foi socorrido e encaminhado ao Hospital Anchieta. Na unidade de saúde, ele passou por cirurgia, foi para a unidade de terapia intensiva (UTI), mas às 15h30 não resistiu aos ferimentos e morreu. Os criminosos fugiram e, até a última atualização dessa reportagem, ninguém havia sido preso.

Procurada pela reportagem, a Polícia Militar do DF informou que um funcionário do Hospital Anchieta acionou a guarnição informando de que havia um homem baleado, vítima de roubo, sendo atendido na unidade. Os policiais foram até o local e conversaram com o amigo da vítima que estava no momento do crime. A equipe está na rua em busca dos autores.

Perda

Nas redes sociais, Gabriel tinha mais de 20 mil seguidores e trabalhava como investidor financeiro. O tio da vítima publicou um texto no Instagram, em que anuncia a morte do sobrinho. “Pessoal, quem fala é o tio do Gabriel. É com muita tristeza que informamos o falecimento do nosso querido. Pedimos paciência e compreensão de todos nesse momento de imensa dor de família e amigos. Depois daremos mais informações”, finalizou.

Um dos amigos de Gabriel desabafou à reportagem e pediu por Justiça. “Estou sem acreditar. Era o meu melhor amigo, desde a infância. Estou em estado de choque. Só Deus para nos dar força. Que prendam esses criminosos”, disse.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS