6 outubro 2021 5:23 pm
30.3 C
Rio Branco
6 outubro 2021 5:23 pm

Depressão : Pacientes reclamam da falta de medicamento para depressão e Secretaria de Saúde diz que problema é nacional

Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

Pacientes da rede municipal de saúde, em especial uma idosa de 60 anos, que prefere não se identificar, reclamam da falta do medicamento sertralina, o remédio é utilizado no tratamento de depressão. De acordo com a idosa, durante a pandemia, ela desencadeou um quadro depressivo e o médico receitou essa medicação para o seu tratamento. Porém, ela não encontrou disponível na rede pública.

Vale ressaltar que, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), antes da pandemia o Brasil já era o país mais ansioso do mundo. Durante a pandemia, a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) realizou um estudo que revelou um aumento de 90% nos casos de depressão. Todo esse contexto fez com que o uso de medicamentos para combater a depressão aumentaram significativamente. A falta dele gera danos nos cuidados da saúde mental da população.

Sem ter a oferta na rede pública, o valor do medicamento pode variar entre R$ 24,99 e R$ 39,99 nas farmácias.

Nossa equipe entrou em contato com as assessorias da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) e a Secretaria Municipal de saúde (Semsa) e recebemos a informação que a medicação está disponível no Hospital de Saúde Mental do Acre (Hosmac), mas somente para pacientes que fazem tratamento na referida unidade. Os demais pacientes devem aguardar a chegada da medicação, prevista para a próxima semana.

Ainda de acordo com as secretarias o problema é nacional, pois a matéria-prima para a fabricação do medicamento estava em falta e os laboratórios retomaram a produção recentemente.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS