21 outubro 2021 4:58 pm
34.3 C
Rio Branco
21 outubro 2021 4:58 pm

Defesa de empresário nega que prisão tenha sido por envolvimento com venda de suplementos falsificados

Juruá em Tempo
- Publicidade-

A defesa do jovem empresário, Daniel Melo, de 26 anos, que foi preso durante a Operação Cortina de Fumaça, deflagrada pela Polícia Civil em Cruzeiro do Sul (AC), entrou em contato com a equipe do O Juruá em Tempo, e negou que o seu cliente tenha envolvimento com venda de suplementos falsificados em seu estabelecimento.

O advogado de Daniel, Dr Jairo Castro, informou ainda que a motivação da prisão do empresário não tem finalidade com a sua loja de suplementos, o que teria levado a prisão do rapaz, seria outros processos.

A defesa informou ainda que durante o curso das investigações nada de ilícito na loja ou em sua residência foi encontrado.

Segundo informou a Polícia Civil, durante a operação, apenas Fladson Pequeno, de 30 anos, teria sido preso em flagrante por falsificar, corromper, adulterar ou alterar produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais, que está prevista no artigo 273 do Código Penal.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS