25 outubro 2021 5:54 pm
22.3 C
Rio Branco
25 outubro 2021 5:54 pm

Caso Guilherme: Justiça de SP absolve um dos PMs acusados de matar adolescente

Isto É
- Publicidade-

O sargento da Polícia Militar Adriano Fernandes Campos foi absolvido pela Justiça de São Paulo nesta quarta-feira (13). Ele era um dos dois acusados de matar o adolescente Guilherme Silva Guedes, de 15 anos. As informações são do g1.

Guilherme foi baleado à queima-roupa e morto em 14 de junho de 2020, na zona sul da capital paulista, e seu corpo foi encontrado em Diadema, na Grande São Paulo.

A maioria dos sete jurados, sendo três mulheres e quatro homens, considerou o sargento Adriano inocente. Ele está preso desde 17 de junho de 2020 no Presídio Militar Romão Gomes, na zona norte de São Paulo, e deve ser libertado nesta quinta (14).

Além dele, o Ministério Público também acusa o ex-PM Gilberto Eric Rodrigues de participar do assassinato. Ele segue preso aguardando julgamento.

Relembre o caso

Guilherme foi sequestrado na madrugada do último dia 14 na zona sul de São Paulo e encontrado morto no dia seguinte em Diadema, cidade da região metropolitana.

As suspeitas contra o sargento Adriano surgiram quando os investigadores obtiveram imagens de uma câmera de segurança da rua onde o garoto desapareceu.

A gravação mostra dois homens armados no mesmo local onde Guilherme desapareceu, nas imediações da casa da avó. Segundo o MP, Adriano e Gilberto são os homens que aparecem na filmagem.

A morte do adolescente desencadeou uma série de protestos por parte dos moradores do bairro onde Guilherme vivia. A primeira manifestação terminou com tumulto e ônibus incendiados. À noite, dezenas de policiais voltaram ao bairro e foram gravados agredindo moradores. Os protestos se repetiram outras vezes, com amigos e moradores do bairro pedindo por justiça no caso.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS