30 novembro 2021 12:57 pm
23.3 C
Rio Branco
30 novembro 2021 12:57 pm

Cachorro entra em ambulância com dona e a aguarda sair na porta do hospital

Segundo socorrista, mulher se sentiu mais segura ao ter mascote ao lado no veículo. Animal só saiu da frente da porta da unidade de saúde quando ela teve alta

da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

Um cachorro entrou na ambulância com a dona e a aguardou na porta do hospital em Morro da Fumaça, no Sul de Santa Catarina. De acordo com o técnico de enfermagem Clênio Borges, a paciente se sentiu mais segura com o mascote ao lado. O cão só saiu da porta do hospital quando ela teve alta.

O caso ocorreu por volta das 22h de quarta-feira (27) no Centro da cidade. A tutora do cachorro estava passando por um surto psicótico em uma rodovia que liga Morro da Fumaça à vizinha Criciúma, na mesma região. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência foi chamado pela Polícia Militar.

Conforme o técnico em enfermagem, a mulher não queria ir ao hospital. Os socorristas tentaram colocá-la na maca da ambulância, mas o cachorro pareceu não gostar da ideia. “O animal viu e o instinto de proteção falou mais alto. Falamos ‘teu cachorrinho está querendo morder a gente. Não precisa ficar na maca”, contou Borges.

Cão na porta do hospital em Morro da Fumaça — Foto: Clênio Borges/Arquivo pessoal
Cão na porta do hospital em Morro da Fumaça — Foto: Clênio Borges/Arquivo pessoal

Com isso, os socorristas conseguiram que a mulher fosse andando até a ambulância. E ela só aceitou ser levada ao hospital se o cão fosse junto. “Não queríamos levar o animal por uma questão de higiene. Mas ela disse que só iria se o mascote fosse junto. Já era tarde, estava chovendo. Resolvemos abrir uma exceção à regra”, relatou o técnico de enfermagem.

Segundo ele, após se aproximar da dona na ambulância, o cão ficou tranquilo ao lado do pé da mulher. “Quando a gente chegou ao hospital, ele queria entrar para a recepção. O hospital foi mais rígido e não deixou ele entrar. Ele ficou na porta esperando”, contou.

Os socorristas continuaram o trabalho. Cerca de uma hora e meia depois, precisaram voltar ao Hospital São Roque, de Morro da Fumaça, para levar outro paciente. “Quando a gente chegou lá, ela [dona do cachorro] estava de alta. Tinham chamado o marido dela pra levá-la pra casa. Quando ele abriu a porta do carro, o cão reconheceu o também dono, entrou no carro e foram embora”, disse Borges.

A secretária do Sistema de Saúde de Morro da Fumaça, Marijane Felippe elogiou o trabalho dos socorristas. “Demos os parabéns à equipe pelo atendimento humanizado, porque é preciso trabalhar com esses olhos. A mulher se sentiu segura para receber atendimento, era o que tinha que se fazer no momento”.

O município destacou que as ambulâncias passam por ampla higienização ao final de cada atendimento.

Fonte: G1

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS