30 novembro 2021 10:46 am
23.3 C
Rio Branco
30 novembro 2021 10:46 am

“Bigodinho”: a história da jovem que reencontrou ficante após apelar para prefeitura

Um print do pedido de "socorro" de Amanda à Prefeitura de Ponta Grossa viralizou e a ajudou a encontrar de novo o rapaz que ela beijou, mas esqueceu de pegar o contato

da Redação Ecos da Notícia
-------- Continua depois da Publicidade--------

Uma história de amor moderna se desenvolveu em tempo real e com a ajuda de centenas de pessoas nas redes sociais, na última segunda-feira (25/10). Tudo começou quando a assessora de imprensa Amanda Iohn publicou, na conta do Twitter, um print de uma conversa inusitada com a Prefeitura de Ponta Grossa. Ela queria ajuda do órgão para encontrar um rapaz que beijou no fim de semana na cidade, em que estava de visita.

“Beijei um menino em Ponta Grossa, com bigodinho. Não quero voltar pra São Paulo sem ele, mas não sei o nome dele. Achem pra mim no cadastro da Prefeitura”, enviou a recém-apaixonada às 2h20 da segunda-feira. Por volta das 10h30, a Prefeitura respondeu. “Oi, Amanda! Voltou para São Paulo sem o bigodinho?”, indagaram.

Poucas horas depois, os usuários do Twitter estavam mobilizados em uma missão: achar o “bigodinho”. Apesar do empenho e do tuíte rapidamente chegar a mais de sete mil compartilhamentos, por volta das 20h Amanda só tinha descoberto que o nome do ficante era Luiz.

Muitos compartilhamentos e curtidas depois, a boa notícia chegou, na manhã da terça-feira (26/10): Amanda e “bigodinho” se reencontraram on-line. O post chegou até o rapaz, que mandou mensagem para ela no Instagram. “Gente, vocês são foda! Acheeeeei. Ele entrou em contato comigo no Instagram AAA. Eu amo vocês! Vou pagar uma rodada de cerveja pra todo mundo”, brinca a mulher.

Luiz Dalperio era o homem procurado por Amanda. Engenheiro mecânico, ele se espantou com a repercussão, mas logo embarcou na brincadeira e adotou o nome “bigodinho” como nickname nas redes sociais.

Para felicidade de todos que torceram — e fizeram acontecer — o reencontro do casal, os dois jantaram juntos no mesmo dia, em Ponta Grossa. O registro do momento foi compartilhado por Amanda e comemorado pelos fãs do suposto casal. “Desfecho: deu tudo certo, tô no date com o bigodinho. O amor venceu”, comemora a apaixonada.

Após a notícia do reencontro, a Prefeitura de Ponta Grossa comemorou, por meio do perfil do Twitter. “Eu adoro um final feliz”, disse.

Final feliz? Nem pra todo mundo

A história pegou outra pessoa de surpresa: Gabriel Garcia. Ele foi surpreendido por uma mensagem da namorada, em letras maiúsculas, que o acusava de traição, acompanhado do print do tuíte de Amanda. “TÁ ME TRAINDO MALUCO ????? Tá tirando?”, disse a mulher.

Mesmo ao negar, a namorada de Gabriel não ficou tranquila. O rapaz, então, usou a rede social para fazer um apelo à Amanda. “Menina que beijou o maluco sábado, no baiacu, de bigodinho, favor especificar mais por favor, minha namorada está surtando, pois ela acha que o único maluco de bigodinho nessa PONTA GROSSA INTEIRA sou eu”, escreveu.

O tuíte viralizou e tem quase o mesmo número de curtidas do post de Amanda: 161,7 mil. Quando Luiz foi identificado, um usuário avisou Gabriel. “Acharam o verdadeiro bigodinho, salve seu relacionamento”, escreveu Pedro Gustavo.

O acusado publicou um novo post com a atualização: “Acharam o maluco, tranquila agora? Mulher birutinha”. Até a própria Amanda saiu em defesa do “bigodinho” errado. “Bia, seu namorado é fiel. Fica tranquila que não era ele não”, disse em resposta ao tuíte de Gabriel. Os usuários do Twitter, que não perdem tempo e valorizam a “zoação”, responderam a mulher. “É exatamente isso o que a amante diria”, brincaram.

 

Fonte: Correio Braziliense

-------- Continua depois da Publicidade--------

ÚLTIMAS NOTÍCIAS