8 outubro 2021 5:32 pm
26.3 C
Rio Branco
8 outubro 2021 5:32 pm

Aprovados no concurso do Idaf fazem ato pedindo que governador cumpra com o prometido e os convoque

Segundo secretário de Planejamento e Gestão, o processo está sob análise da PGE quanto ao amparo para fins de convocação decorrente da extrapolação do limite prudencial com gasto de pessoal previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal

Dry Alves, da Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

Aprovados no concurso do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal, homologado em novembro de 2020, realizaram manifesto em frente a Procuradoria Geral do Estado e do Idaf, na manhã desta sexta-feira, 8, pedindo para que o governador cumpra com o que prometeu na última reunião com o grupo.

Mais de 740 aprovados aguardam por convocação para as vagas de técnico agrícola, engenheiro agrônomo e florestal, e médico veterinário. De acordo com o representante do grupo, Helenardson Vasconcelos, o governador Gladson Cameli prometeu, no dia 27 de agosto deste ano, que iria convocar mais de 100 aprovados e não cumpriu, vindo a prometer novamente na última segunda-feira, 4.

“Ele brinca com o sonho das pessoas, são mais de 740 pais e mães de família que buscam um emprego como funcionário público. Lutamos para que as barreiras sanitárias sejam implementadas em todos os municípios. Além disso, já que o governo irá realizar o levantamento do pessoal para serem cedidos para outras secretarias, convocando ainda mais o número de aprovados, pois é possível nos cedendo para outras secretarias”, diz.

Agora, eles seguem no aguardo de um posicionamento do governador em relação a convocação, a data da convocação e o quantitativo que, segundo os candidatos, o governador falou que seria mais de cem e não vai chegar a 60.

A reportagem do Ecos da Notícia entrou em contato com a porta-voz do governo que nos informou que o Coronel Ricardo Brandão, secretário de Planejamento e Gestão, repassou a seguinte informação:

No tocante a convocação do cadastro do concurso do IDAF, o processo está sob análise da PGE quanto ao amparo para fins de convocação decorrente da extrapolação do limite prudencial com gasto de pessoal previsto na Lei de Responsabilidade Fiscal. Em paralelo, o IDAF com apoio da SEPLAG está concluindo o processo de comprovação das vacâncias nos termos exigidos pelos órgãos de controle.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS