25 outubro 2021 11:39 pm
22.3 C
Rio Branco
25 outubro 2021 11:39 pm

Serial Killer que matou 15 em Rio Branco volta ao banco dos réus pela 2ª vez em três meses.

Fonte: ACjornal.com
- Publicidade-

Ricardinho Vitorino de Souza, apontado pela Polícia Civil como matador em série, está sendo julgado por mais um homicídio. A sessão ocorre no plenário da 1ª Vara do Tribunal do Júri do Fórum Criminal.
Além de Ricardinho, estão no banco dos réus Antônio Railan Mendonça Ferreira e Marcelo Pinheiro Soares.

O trio foi denunciado pela execução do diarista Carlos Alberto da Silva.

Consta na denúncia que no dia do crime Ricardinho, Railan e a vítima estavam presos na Delegacia de Flagrantes da Policia Civil. No início da manhã os três foram liberados. Marcelo Pinheiro, que estava em um carro de aplicativo, foi buscar Ricardinho e Railan na DEFLA. Mas a vítima teria pedido uma carona.

Carlos Alberto, que segundo informações estava em visível estado de embriagueis alcoólica, teria declarado que fazia parte de uma facção.

Por esse motivo, teve a pena de morte decretada ainda dentro do carro.

A partir daí os criminosos seguiram para a região do Cabreúva. Ao chegar na Rua Panamá a vítima e dois dos acusados desceram do veículo. Carlos Alberto foi executado a tiros.

O crime aconteceu no dia 7 de dezembro de 2019

Os autores do assassinato foram identificados e presos por investigadores da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil.

Ricardinho Vitorino, apontada pela DHPP, como um matador em série, e acusado de 15 homicídios, em 10 inquéritos.

Em junho deste ano Ricardinho foi condenado a mais de 28 anos de prisão pela morte do jovem Italo Charife.
Até o primeiro semestre do ano que vem Ricardinho deve voltar a ser julgado por outros homicídios.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS