21 outubro 2021 9:47 am
27.3 C
Rio Branco
21 outubro 2021 9:47 am

Sandy fala do seu casamento e diz fazer terapia há 20 anos

O GLOBO
- Publicidade-

Sandy tem 11 anos de carreira solo e, com Junior, mais de 30. A cantora e escritora, que está no ar no Globoplay com o documentário “Nossa História”, falou sobre sua busca por autoconhecimento.

— Quando estou fazendo as minhas músicas, normalmente não penso nisso. Não tenho pretensão, não tenho segundas intenções. Eu só falo do que estou sentindo e do que preciso ouvir. Quando estou fazendo uma música de mensagem, aí sim eu penso em como as pessoas vão ouvir isso (…) Mas quando estou fazendo as músicas mais românticas, que falam de sentimentos, eu recebo esse tipo de feedback. As pessoas se identificam. E é muito importante a identificação. A gente se sentir parte de alguma coisa é muito importante nesse processo de autoconhecimento e das nossas curas. É lindo para mim quando recebo esse tipo de feedback.  Eu fico emocionada, eu não me acostumo com isso. Porque faço sem pretensão. E quando vejo o vulto que aquilo toma, o tamanho que toma na vida de algumas pessoas, é mais do que eu poderia esperar, mais do que eu poderia pedir — explicou a cantora no canal “Seja seu”, no Youtube.

A campineira conta que sua curiosidade pela busca do autoconhecimeto surgiu no início da juventude:

— Foi na adolescência. Sempre tive curiosidade pela mente humana. Tanto que pela primeira vez que prestei vestibular foi para Psicologia (aos 18 anos). Eu passei, só que não cheguei a cursar porque estava num momento de muito trabalho. Tinha a carreira, os discos, o shows, a turnê, a carreira internacional que a gente estava começando… E foi no mesmo ano que passei para fazer novela na Globo (ela protagonizou “Estrela Guia”, em 2001). Então, era tudo ao mesmo tempo.

Aos 38 anos, Sandy diz fazer análise há 20. Ela é formada em Letras e conta que ao fazer terapia preencheu sua paixão pelo tema:

— Nunca parei. Amo fazer análise. Foi nesse momento de adolescência, quando eu estava me sentindo muito exposta na mídia. Não é normal. Não é fácil. Não dá para dizer que isso é light, leve ou tranquilo. Não é. Tem maneiras de a gente conseguir lidar com isso e deixar isso num lugar mais correto da nossa vida. Dar um tamanho mais correto para não tomar espaço da vida inteira. Eu precisava disso. E estava lidando com as questões da adolescência, com as paixonites…

Casada com o músico e produtor musical Lucas Lima, ela também abriu curiosidades de seu casamento. Os dois também trabalham juntos.

— A gente coloca nossos aprendizados e nossas questões nas músicas às vezes. É muito legal isso. Já teve música minha que nasceu de um poema que fiz para ele num cartão de Dia dos Namorados. Foi a música “Salto”. É legal misturar isso um pouco porque traz uma riqueza (…) Usar os sentimentos que você aprende e colocar na música é legal (…) Temos uma música em que deliberadamente decidimos falar sobre nós. A gente considera a mais autobiográfica nossa. É a “Escolho você”. A gente tem personalidades bem diferentes, eu e Lucas. E a gente se ajeita nessas diferenças. Eu falo que somos dois bicudos que se beijam (…) Nós dois somos dois ares (signo de ar), aquário e libra. É vento forte. Muito!  A gente é obrigado a aprender todos os dias. Senão a gente não se encaixa, não se ajeita — opina Sandy.

A artista, que já gravou canções de rock, falou de seu lado “dark”:

— Eu gosto um pouco de cemitério. Também gosto de filme de terror. Lucas não gosta tanto de filme de terror. Tem uns filmes que são bons. Não qualquer coisa sangrenta. É atraente. Sou uma pessoa curiosa. Então, qualquer assunto meio obscuro me atrai um pouco para eu entender o que se passa.

Aquariana, a cantora comenta como é sua personalidade e diz como tenta evitar conflitos:

— É difícil, dói… Eu, por exemplo, venho entendendo que sou uma aquariana muito pragmática. Tenho uma dificuldade enorme com um negócio que se chama “mimimi”. Nós sabemos que é a dor do outro. Mas como eu sou muito prática, muito pragmática, para mim tem coisa que parece bobagem. Aí eu tenho preguiça de gente que parece que faz muito drama (…) Demorou um tempo para eu começar a entender que é legítimo. Cada um lida com as coisas de uma maneira. Tem um universo interno que eu tenho que respeitar (…) Às vezes eu fico impaciente, doi dois passos para trás e penso: “É o tempo dele”.

Sandy e o marido, Lucas Lima (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)

Sandy e o marido, Lucas Lima (Foto: Fábio Rocha/TV Globo)

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS