20 outubro 2021 5:38 pm
30.3 C
Rio Branco
20 outubro 2021 5:38 pm

Ministério Público exonera servidor que repassava informações para facção criminosa de Cruzeiro do Sul

O homem que não teve o nome divulgado pela Polícia Federal nem pelo MP, teria passado informações sigilosas a um dos investigados na Operação Kaltes Blut

Clara Santos, da Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

O Ministério Público do Acre – MPAC, exonerou nesta quinta feira, 16, um servidor de Cruzeiro do Sul logo depois da Polícia Federal cumprir mandado de busca e apreensão na casa dele.

O homem que não teve o nome divulgado pela Polícia Federal nem pelo MP, teria passado informações sigilosas a um dos investigados na Operação Kaltes Blut, deflagrada nesta quinta para desarticular uma organização criminosa de tráfico interestadual de drogas no Vale do Juruá.

O promotor de Justiça Ildon Maximiano, membro do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – Gaeco, de Cruzeiro do Sul, acompanhou as investigações e ação da PF, quando foram cumpridos 13 mandados judiciais, sendo 9 de busca e apreensão, e 4 de prisão.

A ação é resultado de investigações iníciadas em janeiro deste ano, quando a Polícia Militar encontrou às margens do Rio Juruá cerca de 141kg de pasta base de cocaína, que seriam distribuídos em diversos estados no Brasil. Na ocasião

A Operação Kaltes Blut– do alemão: “sangue-Frio” – leva este nome em referência a um de seus principais alvos, que praticava a “sangue-frio” o tráfico de drogas de grandes carregamentos, enviando a outros estados do Brasil.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS