26 outubro 2021 12:39 pm
25.3 C
Rio Branco
26 outubro 2021 12:39 pm

Indígena conquista bolsa para cursar o doutorado nos EUA

Portal R7.com (SF)

Jósimo Constant pertence a Aldeia Barão (AC) e foi aprovado com uma bolsa integral para cursar ciências políticas

- Publicidade-

ósimo Constant (Kãdeyruya na língua nativa) pertence ao povo indígena Puyanawa da Aldeia Barão, no município Mâncio Lima (AC), fronteira com o Peru. Aos 32 anos de idade o jovem conquistou uma bolsa de estudos integral para realizar o sonho de cursar o doutorado em ciências políticas em uma universidade americana.

O jovem indígena foi aprovado no programa Oportunidades Acadêmicas pelo EducationUSA, órgão ligado ao departamento de estado americano que orienta pessoas que queiram estudar nosSegundo Jósimo, o pai foi a maior inspiração e motivação nos estudos. “Meu pai é professor e desde pequeno me fez me apaixonar pelos estudos e entender a importância da educação para o nosso povo indígena”, conta. Quando criança, Jósimo se familiarizou com o inglês ao ouvir os missionários americanos que visitavam a aldeia. E aos sete anos de idade começou o processo de alfabetização com a língua portuguesa.

história de Jósimo se traduz em determinação e inspiração. Na aldeia em que ele morava, só havia escolas com formação até o quinto ano do ensino fundamental e para continuar os estudos, o jovem precisou aprender a se adaptar na cidade. Com novos sonhos e objetivos, concluiu o ensino médio e ingressou na faculdade. Foi o primeiro indígena a se formar pela UnB (Universidade de Brasília) em Ciências Sociais com bacharelado em Antropologia e Sociologia. Depois concluiu o mestrado em direitos humanos.

“Eu enfrentei muitas dificuldades financeiras e também psicológicas durante os estudos na faculdade”, conta. “Mas eu tinha um objetivo, me formar e dar uma vida melhor para a minha família, meu povo”.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS