20 outubro 2021 11:52 am
30.3 C
Rio Branco
20 outubro 2021 11:52 am

Incêndio atinge área da Embrapa em Rio Branco e equipes estão há mais de 16h no combate

G1 Ac
- Publicidade-

Um incêndio de grandes proporções atingiu extensa área da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) na tarde desse sábado (25), no KM 14 da BR-364, em Rio Branco.

Equipes da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), Corpo de Bombeiros e Força Nacional estão há mais de 16 horas no combate ao incêndio.

O chefe-geral da Embrapa no Acre, Bruno Pena, informou que a área de floresta atingida também é utilizada para pesquisa e não é a de experimentos. Segundo ele, a expectativa é que o incêndio seja controlado ainda neste domingo, mas as chamas já atingiram cerca de 25 hectares.

“Tivemos um foco de incêndio que foi detectado na sexta-feira [24] e ficamos monitorando e solicitamos apoio de órgãos do estado e municipais. Hoje podemos dizer que a situação está, de certa forma, controlada. Temos a Força Nacional e o Corpo de Bombeiros combatendo diretamente os focos de incêndio que ainda têm, que são poucos. Acreditamos que hoje [domingo] já esteja tudo controlado. Ainda não temos uma estimativa muito precisa da área que foi atingida, acreditamos que pode ser, no máximo, cerca de 25 hectares, porque conseguimos agir de forma rápida”, afirmou.

Pena informou ainda que a área total da Embrapa é de cerca de 1,2 mil hectares e que é feito monitoramento e aceiros para evitar esse tipo de situação. Mas que, devido ao tempo seco e ventos forte, as chamas conseguiram passar mesmo com as medidas de prevenção.

“O incêndio ocorre no fundo do nosso campo experimental, então é área apenas de floresta, não atingiu prédio, experimentos ou animais de experimentos. Por outro lado, essa área que temos de floresta é utilizada para pesquisa. Houve além do prejuízo ambiental, de certa forma, uma perda também desse monitoramento. A Semeia e o Corpo de Bombeiros constaram que foi um incêndio acidental, muito provavelmente iniciado por vizinhos em áreas de limpeza de roçado, que é uma prática muito comum nessa época.”

Imagens aéreas feitas pela equipe da Semeia mostram a situação das chamas. Segundo o secretário da Semeia, Normando Sales, o incêndio na região já tinha começado há alguns dias, mas nesse sábado, por volta das 16h, avançou para a área da Embrapa.

“A região já estava pegando fogo, mas na área da Embrapa entrou pela parte de floresta e nesse domingo [26] já está muito próximo das áreas de pesquisa, que esse é nosso medo maior, já que são anos de pesquisa ali dentro. Levamos máquina de pneu, trator de esteira para fazer os aceiros, para o fogo não propagar. Está o Corpo de Bombeiros e o pessoal da Força Nacional, da Embrapa. Estamos numa verdadeira força-tarefa para conter essas chamas, todo mundo mobilizado”, disse o secretário.

- Publicidade-
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ÚLTIMAS NOTÍCIAS