Rio Branco,

aaa

Demissões Já começaram no Hospital de Campanha de Cruzeiro do Sul

Os contratos, segundo o diretor do Hospital de Campanha Elcimar Reis, eram exclusivos para o trabalho durante a pandemia de Coronavirus e nas últimas semanas , o número de internados não passa de 5.

Clara Santos, da Redação Ecos da Notícia
- Publicidade-

O governo do Estado e a Anssau, Associação que administra o Hospital de Campanha de Campanha de Cruzeiro do Sul, já começaram a demitir colaboradores.O governo reduziu em 50% a verba de custeio das Unidades de Terapia Intensiva- UTI do Hospital.

Além de fisioterapeutas, técnicos técnicos de enfermagem e enfermeiros já foram demitidos e outros profissionais também vão ser mandados embora.

Os contratos, segundo o diretor do Hospital de Campanha Elcimar Reis, eram exclusivos para o trabalho durante a pandemia de Coronavirus e nas últimas semanas , o número de internados não passa de 5. A ocupação das Unidades de Terapia Intensiva também se mantém abaixo de 5.

” Quando entraram todos sabiam que o trabalho seria na pandemia, então são naturais as demissões. Quanto ao custeio só a Anssau pode falar “.

- Publicidade-

ÚLTIMAS NOTÍCIAS